sicnot

Perfil

Mundo

Síria acusa Médicos Sem Fronteiras de ser "ramo dos serviços secretos franceses"

A Síria acusou hoje a associação Médicos Sem Fronteiras de ser "um ramo dos serviços secretos franceses" e negou ser responsável pelo bombardeamento de um dos seus hospitais no norte do país.

© Bassam Khabieh / Reuters

"Temos informação credível de que a coligação norte-americana atacou o hospital", disse hoje aos jornalistas o embaixador da Síria na Organização das Nações Unidas (ONU), Bashar Yarafi, que acusou as potências ocidentais de terem iniciado uma campanha para tentar responsabilizar a Síria e a sua associada Rússia do sucedido.

Bashar Yarafi aproveitou para atacar a Médicos Sem Fronteiras (MSF), organização que descreveu como sendo "um ramo dos serviços secretos franceses que operam na Síria".

De acordo com o embaixador, "o referido hospital foi instalado sem consultar previamente o Governo sírio", pelo que a própria organização deve "assumir as consequências" do ocorrido.

A MSF disse hoje que no ataque aéreo ao hospital da localidade de Maarat al Nuaman morreram pelo menos onze pessoas: cinco trabalhadores, cinco pacientes (entre estes um menor) e um acompanhante.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos apontou na segunda-feira a aviação russa como responsável pelo ataque, o que o Kremlin negou.

A ONU revelou na segunda-feira uma série de ataques com mísseis contra meia dúzia de edifícios médicos e educativos, um destes o hospital da MSF, nas províncias de Alepo e Idlib, no norte do país, nos quais morreram cerca de 50 pessoas.

Lusa

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.

  • Estados Unidos vão reforçar as sanções à Coreia do Norte
    1:31

    Mundo

    Washington pretende também investir nos esforços diplomáticos para que Pyongyang ponha fim aos programas nucleares e de mísseis. A nova estratégia de Donald Trump foi anunciada quarta-feira à noite. A força aérea norte-americana testou esta quarta-feira um míssil de longo-alcance que percorreu 6800 quilómetros sobre o Pacífico a partir de uma base na Califórnia.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.