sicnot

Perfil

Mundo

Três norte-americanos sequestrados em janeiro no Iraque foram libertados

Os três empreiteiros norte-americanos sequestrados no Iraque em meados de janeiro foram esta terça-feira libertados por agentes dos serviços secretos iraquianos, segundo ao canal de televisão estatal Al Iraquiya.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Stringer . / Reuters

O canal, citando uma fonte da segurança, adiantou que os três cidadãos norte-americanos foram libertados hoje, mas não avançou detalhes sobre o seu estado de saúde nem as circunstâncias em que foram raptados, há cerca de um mês.

Os três empreiteiros norte-americanos foram levados por homens armados desconhecidos no bairro de Al Daura, no sul de Bagdad.

O Departamento de Estado dos Estados Unidos anunciou na altura que três dos seus cidadãos tinham desaparecido no Iraque, mas não deu mais detalhes nem fez referência a um possível sequestro.

Nenhum grupo armado ou terrorista reivindicou este suposto sequestro.

Atualmente, os Estados Unidos mantêm no Iraque mais de três mil militares, a sua maioria dedicados à assessoria e treino das forças locais na luta contra o Daesh, autoproclamdo Estado Islâmico.

Lusa

  • "Se me pergunta se estou de consciência tranquila, estou"
    2:13

    País

    O ministro Vieira da Silva assegura que aguarda com tranquilidade que a investigação em curso esclareça as alegadas irregularidades na associação Raríssimas. Alguns mecenas estão já a suspender o apoio, na sequência do escândalo que já levou a duas demissões. 

  • Novo regime dos recibos verdes "acaba com as injustiças dos escalões"
    1:10
  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.