sicnot

Perfil

Mundo

Golfinho morre depois de passar de mão em mão para banhistas tirarem fotografia

Um golfinho-do-rio-da-prata morreu numa praia da Argentina depois de ter passado de mão em mão para que os banhistas tirassem uma fotografia com o pequeno mamífero.

Facebook/Hernan Coria

Imagens publicadas em redes sociais mostram um golfinho no meio de uma multidão na praia de Santa Teresita, na Argentina.

Segundo o que conseguiu apurar a Fundação para a Vida Selvagem argentina, dois golfinhos-do-rio-da-prata (Pontoporia blainvillei, também conhecido como boto-amarelo, boto-cachimbo, franciscana ou toninha) deram à costa e pelo menos um morreu.

A fundação alerta que "estes golfinhos devem ser devolvidos ao mar" porque não sobrevivem fora de água.

  • Germano Almeida vence Prémio Camões

    Cultura

    O escritor cabo-verdiano Germano Almeida é o vencedor do Prémio Camões 2018, foi esta segunda-feira anunciado, no Hotel Tivoli, em Lisboa, após reunião do júri.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • "Para primeiro dia de pesca da sardinha, não foi mau"
    2:19
  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29

    País

    José Sócrates garantiu este domingo que não atacará o PS e que continua a ser socialista. O antigo primeiro-ministro participou num almoço de apoio, em Lisboa, com cerca de 100 pessoas, a maioria anónimos.