sicnot

Perfil

Mundo

Obama promete ir a Cuba falar de direitos humanos

O Presidente dos EUA anunciou hoje que irá a Cuba com a mulher a 21 e 22 de março. Barack Obama informou que irá encontrar-se com elementos da sociedade civil e abordar com as autoridades cubanas a questão dos direitos humanos. A última vez que um Presidente dos EUA esteve em solo cubano foi em 1928, era Presidente Calvin Coolidge.

© Mike Blake / Reuters

"Tivémos sempre as nossas diferenças com o Governo cubano e falarei delas abertamente. A América defenderá sempre os direitos do homem pelo mundo", garantiu Obama numa publicação no Twitter, acrescentando que a visita servirá para avançar com o estreitamento das relações entre os dois antigos países inimigos.

Nesta visita de dois dias, o Presidente dos EUA vai encontrar-se com o seu homólogo Raúl Castro, " elementos da sociedade civil, empresários e cubanos de diferentes setores", revela a Casa Branca.

"Há 14 meses anunciei o início da normalização das nossas relações com Cuba e já fizemos progressos significativos", congratulou-se Obama.

Após este anúncio, em dezembro de 2014, os dois países restabeleceram as relações diplomáticas em julho de 2015. O secretário de Estado John Kerry foi a Havana em agosto para a reabertura da embaixada norte-americana.

Obama seguirá depois para a Argentina, a 23 e 24 de março, onde se encontrará com o novo Presidente Mauricio Macri.

  • Captura ilegal de cavalos-marinhos na Ria Formosa
    3:02

    País

    Há cada vez menos cavalos marinhos na Ria Formosa. Cientistas da Universidade do Algarve dizem que a maior população desta espécie no mundo, que é a que existe na Ria Formosa, está ameaçada devido à captura ilegal para o mercado asiático. Dizem que, se nada for feito para travar este fenómeno, esta espécie protegida pode desaparecer em poucos anos.