sicnot

Perfil

Mundo

Obama promete ir a Cuba falar de direitos humanos

O Presidente dos EUA anunciou hoje que irá a Cuba com a mulher a 21 e 22 de março. Barack Obama informou que irá encontrar-se com elementos da sociedade civil e abordar com as autoridades cubanas a questão dos direitos humanos. A última vez que um Presidente dos EUA esteve em solo cubano foi em 1928, era Presidente Calvin Coolidge.

© Mike Blake / Reuters

"Tivémos sempre as nossas diferenças com o Governo cubano e falarei delas abertamente. A América defenderá sempre os direitos do homem pelo mundo", garantiu Obama numa publicação no Twitter, acrescentando que a visita servirá para avançar com o estreitamento das relações entre os dois antigos países inimigos.

Nesta visita de dois dias, o Presidente dos EUA vai encontrar-se com o seu homólogo Raúl Castro, " elementos da sociedade civil, empresários e cubanos de diferentes setores", revela a Casa Branca.

"Há 14 meses anunciei o início da normalização das nossas relações com Cuba e já fizemos progressos significativos", congratulou-se Obama.

Após este anúncio, em dezembro de 2014, os dois países restabeleceram as relações diplomáticas em julho de 2015. O secretário de Estado John Kerry foi a Havana em agosto para a reabertura da embaixada norte-americana.

Obama seguirá depois para a Argentina, a 23 e 24 de março, onde se encontrará com o novo Presidente Mauricio Macri.

  • "A Assembleia tem tudo para correr mal"
    5:09
  • "Até ao dia 23 muitas coisas boas e más vão acontecer"
    2:24
  • A promessa que João Mário vai ter de cumprir se Portugal for campeão
    1:36

    Rumo ao Mundial 2018

    Oito jogadores da seleção participaram num evento em que responderam às dúvidas de jovens adeptos, em Lisboa. Os jogadores mostraram-se otimistas pelo caminho que têm em frente. Já João Mário foi confrontado com a promessa que não cumpriu de deixar crescer o cabelo se Portugal vencesse o Euro 2016. Agora, faz uma nova promessa: se Portugal for campeão mundial, deixa crescer o cabelo à Fellaini.

  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula da Silva
    3:30