sicnot

Perfil

Mundo

Cameron com ministros para obter apoio ao acordo com Bruxelas

David Cameron está hoje reunido com os ministros para conseguir apoio para o acordo alcançado, esta sexta-feira, em Bruxelas.

David Cameron, primeiro-ministro britânico.

David Cameron, primeiro-ministro britânico.

Dylan Martinez

O primeiro-ministro irá, também, anunciar a data para o referendo que pergunta aos ingleses se querem permanecer ou sair da União Europeia.

O encontro decorre um dia depois de Cameron ter conseguido negociar, em Bruxelas, um estatuto especial para o Reino Unido.


As concessões obtidas pelos restantes membros passa por manter o país fora do Euro e dos resgates financeiros e com regras excepcionais relativamente ao acolhimento de imigrantes europeus. O acordo determina que estes só passem a ter acesso a assistência social no Reino Unido, após quatro anos de trabalho no país.
Agora reunido com o Governo, Cameron enfrenta, apesar do alcance das negociações com Bruxelas, algum cepticismo dentro do partido conservador onde vários questionam os benefícios de manter os laços com a União Europeia.

  • Reino Unido na UE com garantias de estatuto especial
    2:37

    Mundo

    O Reino Unido chegou a acordo com Bruxelas quanto à sua permanência na União Europeia e consegue garantias de estatuto especial. Entre as cedências dos 27 países, está a questão da assistência social para os imigrantes europeus que na Grã-Bretanha. A partir de 2020, só passam a ter direito a receber apoio social após quatro anos de trabalho no país.

  • Suécia conquista primeira vitória no Mundial frente à República da Coreia (1-0)

    Mundial 2018 / Suécia

    Depois de uma ausência de 12 anos nos campeonatos do mundo, a Suécia volta e começa a ganhar. Um penálti de Andreas Granqvist aos 65 minutos garantiu a vitória frente à República da Coreia na fase de grupos do Mundial. As equipas jogam pelo grupo F, onde também estão a Alemanha e o México. Veja aqui o golo e os lances da partida.

  • Três mortos e mais de 200 feridos do sismo no Japão
    1:07

    Mundo

    Pelo menos três pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas na sequência de um sismo de magnitude 6,1 na escala de Richter que atingiu hoje a região oeste do Japão, segundo um novo balanço das autoridades nipónicas. Uma das vítimas mortais era uma criança de 9 anos.