sicnot

Perfil

Mundo

Bolivianos dizem não a Evo Morales no referendo sobre recandidatura do Presidente

O Governo da Bolívia afirmou, este domingo, que houve um "empate técnico" no referendo constitucional sobre a recandidatura do Presidente Evo Morales, apontando que os números oficiais podem variar relativamente às projeções, as quais dão vitória ao "não".

Na Bolívia, e de acordo com as projeções, mais de 52 por cento da população votou contra o referendo que o presidente Evo Morales organizou para se poder recandidatar ao quarto mandato.

Na Bolívia, e de acordo com as projeções, mais de 52 por cento da população votou contra o referendo que o presidente Evo Morales organizou para se poder recandidatar ao quarto mandato.

© David Mercado / Reuters

O vice-presidente boliviano, Álvaro García Linera, sustentou numa conferência de imprensa na capital, La Paz, que os resultados preliminares das empresas Ipsos e Mori mostram que o país se encontra "diante de um claríssimo empate técnico eleitoral" que revela que "metade do povo optou para que se alterar a Constituição".

À falta de resultados oficiais, as primeiras projeções realizadas pelas referidas empresas e difundidas pelos meios de comunicação social bolivianos dão ao "não" entre 51 e 52,3% e ao "sim" entre 47,7 e 49%.

Morales, que é já o líder político há mais tempo no poder na Bolívia, organizou um referendo para poder candidatar-se a um quarto mandato presidencial, para se manter no poder até 2025.

Se esta estimativa da Ipsos se confirmar, esta será a primeira derrota política do Presidente boliviano, em funções desde 2006, que previu que venceria com 70% dos votos.

  • Arderam mais duas casas em Mação

    País

    O presidente da Câmara de Mação, distrito de Santarém, disse esta quarta-feira que durante a tarde arderam duas casas em aldeias do concelho e que as chamas que lavram desde domingo estão longe de estar controladas.

  • "Nos últimos 14 anos alertámos que este dia iria voltar"
    3:50

    País

    O vice-presidente da Câmara de Mação diz que se sente humilhado com o recurso a meios espanhóis para o combate ao fogo no concelho. Em entrevista à SIC, António Louro, que é também engenheiro florestal, critica os vários governos e afirma que nada disto teria acontecido se tivessem ouvido os apelos desesperados da autarquia depois do incêndio que, em 2003, destruiu grande parte do concelho.

  • Sócrates diz que Direita quis impedi-lo de candidatura presidencial

    País

    O ex-primeiro-ministro José Sócrates reiterou esta quarta-feira, em declarações aos correspondentes estrangeiros em Portugal, que o processo judicial em que está envolvido resulta de uma campanha orquestrada pela direita para evitar a sua candidatura a Presidente da República.

  • Marcelo lembra ditadura para deixar elogios à liberdade de imprensa e separação de poderes
    0:29
  • Dia dos Avós nasceu em Penafiel
    1:48

    País

    O Dia dos Avós, que hoje se assinala, nasceu por iniciativa de uma habitante de Penafiel. A data foi celebrada no parque da cidade, com centenas de avós.

  • Trump proíbe transgéneros no exército norte-americano

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou esta quarta-feira que as pessoas transgénero não podem servir no exército dos Estados Unidos, justificando a decisão com os "custos médicos enormes" e as perturbações que tal situação envolve.

  • Oposição tenta travar eleição da nova Assembleia Constituinte na Venezuela
    2:14