sicnot

Perfil

Mundo

Febre-amarela em Angola já causou 99 mortes

O surto de febre-amarela em Angola causou já 99 mortos, de um total de 461 casos suspeitos notificados desde o início da epidemia, em dezembro de 2015, referem dados do boletim epidemiológico do Ministério da Saúde.

Arquivo/Reuters

Arquivo/Reuters

© Handout . / Reuters

O mais recente boletim diário sobre a febre-amarela, a que a agência Lusa teve hoje acesso, refere que no sábado foram notificados 22 novos casos suspeitos, maioritariamente na capital angolana (14) e os restantes nas províncias do Huambo e Bié.

O documento sublinha que não foram reportados casos de óbitos no sábado.

Relativamente às ações de combate ao surto, o boletim informa que estão a ser realizadas buscas ativas de casos em hospitais e centros de saúde em Luanda e nas províncias com casos suspeitos.

Acrescenta também que continuam a decorrer as campanhas de vacinação, iniciada a 02 de fevereiro, tendo já sido imunizadas 1,8 milhões de pessoas, 1,7 milhões dos quais no município de Viana e cerca de 19.000 em Belas.

O município de Viana, o epicentro da epidemia, lidera, quer em número de casos suspeitos (173), quer em óbitos (53).

Fora da capital angolana, a província do Huambo regista o maior número de mortes (12), enquanto a Huíla lidera a lista de casos (45).

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.