sicnot

Perfil

Mundo

Porta-voz do Pentágono diz que cerco ao bastião 'jihadista' de Raqa "está próximo"

Os reveses do grupo 'jihadista' Estado Islâmico (EI) no nordeste da Síria perspetivam um próximo cerco a Raqa, um bastião dos islamitas radicais e que permanece um objetivo da coligação internacional, disse hoje um porta-voz do Pentágono.

Combatentes das Forças Democráticas Sírias e do Exército Síria Livre.

Combatentes das Forças Democráticas Sírias e do Exército Síria Livre.

© Rodi Said / Reuters

As forças curdas e os seus aliados vão retomar aos 'jihadistas' e "muito em breve" a cidade de Chaddadé, na província de Hassaké, considerou o porta-voz do Pentágono Jeff Davis.

"Pensamos que essas forças, com o nosso contínuo apoio serão capazes de isolar Raqa pouco tempo depois", prosseguiu.

As Forças Democráticas Sírias, uma aliança de grupos locais dominada pelas milícias curdas, desencadearam a ofensiva sobre Chaddadé com o apoio dos bombardeamentos aéreos da coligação liderada pelos Estados Unidos.

Raqa está na posse do autoproclamado Estado Islâmico desde o início de 2014 e é a capital do autoproclamado califado dos 'jihadistas'.

Com Mossul, no Iraque, constitui um dos dois grandes objetivos fixados pela coligação dirigida por Washington.

A Rússia e os Estados Unidos estão em paralelo a acentuar a pressão sobre os seus aliados na Síria para respeitarem um cessar-fogo a partir de sábado.

Esta trégua não engloba os combates contra o autoproclamado Estado Islâmico e a Frente al-Nusra, o ramo sírio da Al-Qaida.

Lusa

  • Traço contínuo às curvas
    2:42
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • Cristas calcula défice de 3,7% sem "cortes cegos" das cativações
    0:45

    Economia

    Assunção Cristas diz que o défice de 2,1% só foi conseguido porque o Governo fez cortes cegos na despesa pública. Esta manhã, depois de visitar uma unidade de cuidados continuados em Sintra, a presidente do CDS-PP afirmou que, pelas contas do partido, sem cativações, o défice estaria nos 3,7%.

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41