sicnot

Perfil

Mundo

Estudante detido na Coreia do Norte pede perdão pelo "pior erro" da sua vida

Estudante detido na Coreia do Norte pede perdão pelo "pior erro" da sua vida

O estudante norte-americano de 21 anos detido há quase dois meses na Coreia do Norte surgiu em público pela primeira vez para admitir o crime e pedir desculpas. O jovem reconheceu ter roubado um slogan político, de uma área reservada a funcionários do hotel onde estava hospedado em Pyongyang.

O estudante foi detido no dia de regresso e acusado de ato hostil contra a República Democrática da Coreia do Norte, com conivência e manipulação dos Estados Unidos.

Agora, quase dois meses depois, o jovem surge numa conferência de imprensa, em que chorou e implorou por perdão pelo "pior erro" da sua vida.

Este reconhecimento público dos crimes é comum na Coreia do Norte, para que a pena seja atenuada.

O estudante disse ainda estar impressionado com a forma como foi tratado e suplicou às autoridades de Pyongyang que o deixem regressar aos Estados Unidos.

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espirito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espirito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Porque abanam as bancadas
    9:37