sicnot

Perfil

Mundo

Milionário português detido nos EUA por pesca e venda ilegal de espécies protegidas

O empresário português Carlos Rafael foi detido nos Estados Unidos e acusado de capturar e vender ilegalmente espécies protegidas de peixe, disse hoje fonte do Tribunal Distrital de Boston à Lusa.

Segundo a acusação, o imigrante açoriano, detido na sexta-feira, mentiu às autoridades sobre as quantidades e espécies de peixe capturadas pela sua frota para contornar quotas de pesca sustentável.

Carlos Rafael, de 64 anos, venderia depois o peixe por "sacos de dinheiro" a um vendedor por atacado de Nova Iorque.

O imigrante da ilha do Corvo é dono de uma das maiores operações de pesca comercial do noroeste americano, Carlos Seafood Inc., sendo apelidado de "Codfather", um trocadilho com o filme Padrinho e a palavra em inglês para bacalhau.

Carlos Rafael foi formalmente acusado de conspiração e prestação de registos falsos às autoridades dos EUA durante anos.

A CNN, citando uma fonte ligada à acusação, diz que o empresário usava compartimentos falsos para transportar o peixe e usava rótulos errados para evitar as quotas. O mesmo canal garante que a investigação ainda decorre e mais detenções podem acontecer.

A investigação, que envolveu o fisco dos EUA, os serviços de investigação da Guarda Costeira e a Organização Nacional dos Oceanos e Atmosfera, começou depois de Carlos Rafael ter colocado o seu negócio à venda no ano passado.

Quando dois agentes à paisana se fizeram passar por potenciais compradores, o português confessou a sua operação "fora dos cadernos".

Em janeiro deste ano, Carlos Rafael e a sua contabilista explicaram o passo-a-passo da operação, a que se referiam como "a dança", durante uma reunião com os falsos compradores.

No encontro, Rafael afirmou que tinha ganhado 668 mil dólares (cerca de 614 mil euros) nos últimos seis meses. Os investigadores acreditam que parte do dinheiro foi desviada para Portugal através do Aeroporto de Boston.

Junto com o português, foi detida a sua contabilista, Debra Messier, que já saiu em liberdade depois de pagar uma caução de 10 mil dólares.

Carlos Rafael tem audição marcada para quarta-feira, em que será decidido se pode aguardar julgamento em liberdade e, se assim for determinado, o valor da caução.

Lusa

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • Peixe-galo e batatas rosti, qual o cardápio do encontro entre os líderes das Coreias?

    Mundo

    O menu do encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já foi dado a conhecer esta terça-feira. Através do site oficial do Governo, Seul anunciou um cardápio com vários pratos típicos da Península da Coreia, como dumplings ao vapor, arroz cultivado na Coreia, carne grelhada, salada fria com polvo, peixe-galo, batatas rosti e sopa fria.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17