sicnot

Perfil

Mundo

Nobel da Paz com número recorde de candidatos

O Nobel da Paz vai registar em 2016 um número recorde de 376 candidatos e que supera o anterior registo de 278 aspirantes ao prestigioso galardão verificado em 2014, informou o Comité Nobel norueguês.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Scanpix Norway / Reuters

Do total de candidaturas para a edição deste ano, 228 são indivíduos e 148 organizações.

De acordo com o testamento do magnata sueco Alfred Nobel, criador dos centenários prémios, podem ser nomeados ao galardão da Paz catedráticos de faculdades de Direito, História e Ciências Políticas, deputados, antigos laureados e membros de tribunais internacionais, entre outros.

O Comité Nobel limita-se a divulgar o número total de concorrentes, sem qualquer influência na sua designação.

Entre os aspirantes para 2016 incluem-se o candidato à nomeação presidencial pelo partido Republicano dos Estados Unidos Donald Trump, o papa Francisco, o Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, o líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), Timoleón Jiménez, o ex-analista informático da CIA Edward Snowden, e os habitantes e voluntários que ajudam os refugiados nas ilhas gregas.

Em 2015 o prémio foi atribuído ao Quarteto para o diálogo nacional na Tunísia, pelo seu envolvimento na construção de uma "democracia plural" neste país do Magrebe e que esteve na origem da designada 'Primavera árabe'.

O Nobel da Paz, que será anunciado em outubro à semelhança dos restantes galardões, é o único a ser entregue em Oslo e não em Estocolmo, por desejo expresso de Alfred Nobel.

Lusa

  • "De hoje em diante, só a América virá em primeiro lugar"
    3:20
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39

    Mundo

    As primeiras decisões da era Trump não tardaram. O 45.º Presidente dos Estados Unidos da América já avançou com algumas medidas, entre elas, a confirmação dos nomes que vão compor a nova administração e a criação do Dia do Patriotismo.

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.