sicnot

Perfil

Mundo

Nobel da Paz com número recorde de candidatos

O Nobel da Paz vai registar em 2016 um número recorde de 376 candidatos e que supera o anterior registo de 278 aspirantes ao prestigioso galardão verificado em 2014, informou o Comité Nobel norueguês.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Scanpix Norway / Reuters

Do total de candidaturas para a edição deste ano, 228 são indivíduos e 148 organizações.

De acordo com o testamento do magnata sueco Alfred Nobel, criador dos centenários prémios, podem ser nomeados ao galardão da Paz catedráticos de faculdades de Direito, História e Ciências Políticas, deputados, antigos laureados e membros de tribunais internacionais, entre outros.

O Comité Nobel limita-se a divulgar o número total de concorrentes, sem qualquer influência na sua designação.

Entre os aspirantes para 2016 incluem-se o candidato à nomeação presidencial pelo partido Republicano dos Estados Unidos Donald Trump, o papa Francisco, o Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, o líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), Timoleón Jiménez, o ex-analista informático da CIA Edward Snowden, e os habitantes e voluntários que ajudam os refugiados nas ilhas gregas.

Em 2015 o prémio foi atribuído ao Quarteto para o diálogo nacional na Tunísia, pelo seu envolvimento na construção de uma "democracia plural" neste país do Magrebe e que esteve na origem da designada 'Primavera árabe'.

O Nobel da Paz, que será anunciado em outubro à semelhança dos restantes galardões, é o único a ser entregue em Oslo e não em Estocolmo, por desejo expresso de Alfred Nobel.

Lusa

  • Negócios do fogo
    22:00
  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.

  • "De repente ele estava em cima de mim a beijar-me e a apalpar-me"
    2:43