sicnot

Perfil

Mundo

Alterações climáticas vão alterar dieta humana

As alterações climáticas vão afetar as culturas agrícolas de tal forma que se prevê que, em 2050, mais de 500 mil pessoas morrerão por não terem acesso a uma dieta equilibrada, revela um novo estudo.

© Siphiwe Sibeko / Reuters

Secas, cheias e outros eventos climáticos extremos vão causar estragos na agricultura e um acesso cada vez mais difícil à comida. Para piorar o cenário, os nutrientes presentes nessas culturas não serão suficientes para o ser humano, revela o estudo publicado na revista The Lancet.

"Não tem só a ver com obter poucas calorias", disse à revista Time Richard Choularton do Programa Alimentar Mundial da ONU, que não esteve envolvido no estudo. "As calorias não são suficentemente boas sem os micronutrientes. O desenvolvimento físico e cognitivo depende de se comer as coisas certas", sublinhou.

O declínio dos alimentos saudáveis é um dos principais responsáveis pela má nutrição. Os investigadores determinaram que o consumo de frutas e vegetais vai diminuir 4% em 2050 devido às alterações climáticas, que se vai sentir sobretudo nos países em vias de desenvolvimento mas também nos países mais ricos.

Os autores do estudo apelam aos políticos que cumpram o acordo de Paris e reduzam as emissões poluentes, de forma a impedir que o planeta aqueça mais que 2ºC em 2100.

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.