sicnot

Perfil

Mundo

Confrontos na Tailândia fazem quatro mortos em 24 horas

Quatro pessoas foram mortas a tiro nas últimas 24 horas no sul da Tailândia, incluindo um seringueiro budista cujo corpo foi depois incendiado, disse hoje a polícia.

Sumeth Panpetch

A onda de violência surgiu após meses de relativa calma na região, onde mais de 6.500 pessoas, a maioria civis, morreram desde o recomeço de uma rebelião contra o Governo em 2004.

O seringueiro Chatchai Saethong, de 55 anos, foi baleado na quinta-feira no distrito de Yaha, na província de Yala, uma das três que fazem fronteira com a Malásia e que foram mais atingidas pela violência.

"O seu corpo foi incendiado e deixado a queimar", descreveu à AFP Praponwat Khantiwaranant, da polícia local.

Uma hora mais tarde, um 'ranger' do exército muçulmano foi abatido num bairro vizinho, também de acordo com as autoridades.

Dois outros civis muçulmanos, incluindo outro seringueiro, foram mortos a tiro na quarta-feira, enquanto outro 'ranger' do exército se encontra em estado crítico depois de ter sido baleado.

Os rebeldes que lutam por maior autonomia têm frequentemente como alvos pessoas que acreditam serem colaboradores do Estado tailandês, que anexou a região do sul, culturalmente distinta, há mais de 100 anos.

Lusa

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.