sicnot

Perfil

Mundo

Sistema de alerta de tsunami indonésio estava avariado no sismo de quarta-feira

Os 22 emissores de alerta instalados no mar, no oeste da Indonésia, não funcionaram na quarta-feira quando um violento sismo ocorreu na região, indicaram hoje as autoridades indonésias, que referiram "atos de vandalismo".

Este sistema de deteção e aviso foi instalado após o maremoto de 2014 ao largo da ilha de Sumatra.

Na quarta-feira, o sismo de magnitude 7,8, cujo epicentro se situou no oceano Índico, abalou a ilha de Sumatra, provocando cenas de pânico entre os residentes e um alerta de 'tsunami', levantado algumas horas mais tarde.

As autoridades não registaram vítimas ou danos e as zonas afetadas regressaram hoje à calma. Uma série de réplicas foi hoje sentida na ilha, mas as autoridades pediram calma à população.

O procedimento que visa garantir se existe ou não 'tsunami' foi interrompido devido à ausência dos 22 sensores e emissores no mar, instalados pela Indonésia, explicou a agência para as catástrofes naturais indonésia.

Se o alerta inicial foi corretamente desencadeado, os emissores, que permitem detetar as alterações no movimento da água e transmitir dados aos serviços competentes, não funcionaram para assinalar que as ondas potencialmente destruidoras não se formaram e as autoridades demoraram cerca de três horas a suspender o aviso de 'tsunami'.

"Os emissores foram vandalizados e não há orçamento suficiente para reparações", disse aos jornalistas o porta-voz da agência, Sutopo Purwo Nugroho.

"Esta situação torna difícil confirmar se um 'tsunami' ocorreu, ou não", acrescentou.

Os emissores integram um sistema de aviso sofisticado criado após o maremoto de 2014, com a ajuda de doadores estrangeiros, orçado em vários milhões de dólares.

Em 2014, um sismo submarino, a noroeste da Indonésia, originou uma onda gigantesca que causou mais de 170 mil mortos em território indonésio e dezenas de milhares em vários outros países da região.

Lusa

  • Santana diz que Marcelo por vezes faz de conta que é primeiro-ministro
    1:12

    País

    Santana Lopes diz que a expectativa que Passos Coelho criou sobre o mau desempenho do Governo se está a virar-se contra ele. Numa entrevista ao jornal Expresso deste sábado, o ex-primeiro-ministro e ex-presidente da Câmara Municipal de Lisboa considera contudo que Passos Coelho ainda poderá ganhar as próximas eleições. Sobre Marcelo, o atual provedor da Santa Casa da Misericórdia diz que por vezes faz de conta que é o primeiro-ministro.

  • Coala do Zoo de Duisburg viaja para Lisboa 

    País

    A SIC acompanhou, em exclusivo, a transferência de uma coala do Zoo de Duisburg, na Alemanha, para o Jardim Zoológico de Lisboa. O animal foi transportado pela TAP e batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Uma reportagem para ver mais logo no Jornal da Noite da SIC.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.