sicnot

Perfil

Mundo

Carro armadilhado explode e provoca pelo menos 47 mortos a sul de Bagdade

Um carro armadilhado explodiu hoje num movimentado posto de controlo nos arredores de Hilla, 80 quilómetros a sul de Bagdad, provocando a morte a pelo menos 47 pessoas, segundo novo balanço de fontes médicas e policiais iraquianas.

ALI ABBAS

"Pelo menos 29 pessoas morreram e 47 ficaram feridas num ataque com um carro bomba que visava atingir o maior posto de controlo a norte de Hilla", disse um porta-voz da polícia.

Várias fotografias postas a circular nas edições "online" da imprensa mostram imagens de grande destruição em redor do posto de controlo, onde normalmente existem grandes filas.

Um médico de um hospital de Hilla indicou que pelo menos 11 dos feridos estão em estado grave.

O grupo Estado Islâmico, que tem reivindicado vários ataques similares, não conseguiu manter as posições a sul da Bagdad desde que as forças de segurança iraquianas, apoiadas por milícias locais, iniciaram a resposta aos ataques 'jihadistas' em finais de 2014.

Em março de 2014, um ataque suicida perpetrado pelo EI provocou a morte a 50 pessoas e ferimentos em mais de 150.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.