sicnot

Perfil

Mundo

Sobe para 32 total de vítimas das enxurradas na cidade angolana do Lubango

Os bombeiros recuperaram nos últimos dias mais sete corpos de vítimas das chuvas da segunda-feira passada no Lubango, sul de Angola, elevando a 32 o total de óbitos confirmados, informou hoje à Lusa o porta-voz da Proteção Civil.

De acordo com Faustino Sebastião, há registo de um idoso, de 77 anos, que morreu ao ser arrastado, no bairro do Tchioko, pelas águas do Rio Capitão, naquela cidade, que transbordou devido às fortes chuvas do dia 29 de fevereiro.

As operações de busca no terreno, num percurso de 15 quilómetros ao longo do Rio Capitão, no Lubango, província da Huíla, continuam e envolvem ainda brigadas caninas e meios aéreos.

De acordo com o porta-voz do Serviço Nacional de Proteção Civil e Bombeiros de Angola, a "maioria das vítimas" são crianças e adolescentes, com idades entre os oito e 17 anos.

As enxurradas ocorreram entre as 11:00 e 20:00 (menos uma hora em Lisboa) de segunda-feira, provocando o aumento do caudal do Rio Capitão, no bairro do Tchioko, arredores da cidade do Lubango.

No local funcionava um mercado paralelo, muito frequentado por jovens e crianças que se dedicam à lavagem de viaturas e que foram arrastados pela enxurrada.

O Presidente angolano, José Eduardo dos Santos, manifestou quarta-feira profunda consternação pelas mortes provocadas por esta enxurrada.

O chefe de Estado angolano exprimiu, numa nota de condolências, a sua solidariedade para com as famílias enlutadas e vítimas desta calamidade natural.

  • "Não partilhei SMS com ninguém"
    0:43

    Caso CGD

    António Domingues afirma que nunca revelou o conteúdo das mensagens trocadas com o ministro das Finanças sobre a entrega das declarações de património ao Tribunal Constitucional. O tema dos SMS foi abordado pelo ex-presidente da Caixa na sequência de uma pergunta do PCP sobre declarações feitas por António lobo Xavier no programa da SIC Notícias "Quadratura do Círculo".

  • "As regras europeias de bem estar animal são dogmas", diz diretor-geral de Veterinária
    1:32

    País

    O diretor-geral de Alimentação e Veterinária considera que as regras de bem estar animal que existem na União Europeia (UE) "parecem configurar uma transfiguração antropomórfica dos animais". Em declarações à SIC, a propósito da exportação de animais vivos para países terceiros, que têm outras regras de abate, Fernando Bernardo defendeu ainda que o método usado em Israel provoca uma insensibilização mais rápida do que o praticada na UE.

  • PAN questiona Governo sobre aposta na exportação de animais vivos para o Médio Oriente
    1:56

    País

    O partido Pessoas-Animais-Natureza lembra que à luz do Regulamento nº. 1/2005 do Conselho Europeu, os estados-membros da União Europeia (UE) devem evitar transportar animais vivos em viagens de longo curso. O deputado André Silva considera, por isso, que "o Estado português está a incumprir o regulamento" ao fomentar estas viagens, numa clara aposta económica em torno da exportação de animais vivos para Israel e outros destinos fora da UE. Para o deputado do PAN, é muito difícil ou "mesmo impossível assegurar o bem estar dos animais" em viagens de vários dias.

  • Trump pensou que presidência "seria mais fácil"

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos Donald Trump afirmou que a Presidência é mais difícil do que pensava e que tem saudades da vida que levava antes, em entrevistas a propósito dos primeiros 100 dias em funções.