sicnot

Perfil

Mundo

Turquia impõe contrapartidas para ajudar a travar fluxo migratório

A Turquia pede mais dinheiro aos líderes europeus e quer também reabrir novos capítulos do processo de adesão à União Europeia. São as contrapartidas para ajudar a travar o fluxo de migrantes e refugiados.

© Yves Herman / Reuters

O primeiro-ministro turco terá ainda pedido aos líderes europeus, em Bruxelas, que por cada migrante económico devolvido à Turquia, a União Europeia reinstale um refugiado que esteja em território turco.

De acordo com fonte diplomática, Ancara quer receber 3 mil milhões em 2018. Um montante a somar ao dinheiro já prometido na cimeira de dezembro. Na lista de exigências está ainda a antecipação da liberalização de vistos para cidadãos turcos e a abertura de cinco novos capítulos no processo de adesão à União Europeia, incluindo sobre energia e assuntos internos.

Estas são condições que os 28 terão agora de analisar no encontro que decorre durante a tarde e que servirá também para discutir o futuro do Espaço Schengen. No final, os chefes de Estado e de governo voltam a reunir-se com Ahmet Davutoglu para jantar e tentar chegar a acordo sobre a implementação do plano de ação conjunto com a Turquia.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.