sicnot

Perfil

Mundo

Indonésia assiste ao único eclipse total do sol deste ano

galeria de fotos

Milhares de pessoas assistiram hoje na Indonésia ao único eclipse total do sol de 2016, que também pôde ser visto parcialmente na maior parte do Sudeste Asiático.

© Garry Lotulung / Reuters

© Edgar Su / Reuters

© Beawiharta Beawiharta / Reute

© Darren Whiteside / Reuters

© Darren Whiteside / Reuters

© Beawiharta Beawiharta / Reute

© Beawiharta Beawiharta / Reute

© Antara Photo Agency / Reuters

© Beawiharta Beawiharta / Reute

© Chaiwat Subprasom / Reuters

© Olivia Harris / Reuters

© Beawiharta Beawiharta / Reute

© Athit Perawongmetha / Reuters

© Chaiwat Subprasom / Reuters

O eclipse começou a observar-se na ilha de Samatra, no oeste da Indonésia, às 06:20 (23:20 de terça-feira em Lisboa), e foi avançando para leste para dezenas de províncias nas ilhas do Bornéu, Célebes e Molucas, antes de entrar no Pacífico adentro.

Um dos lugares onde foi possível observar o eclipse total foi Palu, na região central das Célebes, até onde se deslocou uma equipa de astrónomos liderada pelo espanhol Miquel Serra-Ricart, do Instituto de Astrofísica das Canárias (IAC).

O astrónomo explicou à agência Efe, ao telefone, que inicialmente era um eclipse "complicado" de "reduzido interesse" devido à instabilidade atmosférica habitual, mas que depois a visibilidade do dia o converteu num dos melhores.

"Foi impressionante. Não me recordo, desde o de 2008 na Rússia, de um eclipse tão límpido, sem nuvens, com um ar tão transparente", disse Serra-Ricart, após assistir ao seu 13.º eclipse total do sol.

Uma equipa da NASA também viajou para a Indonésia para observar o fenómeno, que despertou a curiosidade não só de cientistas mas de milhares de turistas.

Os eclipses do sol têm lugar quando, a partir da perspetiva da Terra, a Lua passa à frente do sol, ocultando-o. Dependendo do ponto do planeta onde se encontra o observador, o fenómeno pode ser total, anular ou parcial.

O eclipse é total quando toda a superfície do sol fica coberta pela lua; anular quando a lua -- um pouco mais afastada da Terra -- não chega a cobrir totalmente a superfície do sol e deixa visível um anel solar; e parcial quando apenas uma parte do sol fica ocultada pela lua.

Lusa

  • Eclipse solar começou na Indonésia

    Mundo

    Um eclipse solar começou na quarta-feira na Indonésia, devendo ser total uma hora mais tarde e atrair os olhares de dezenas de milhares de locais, turistas e cientistas, indicou a agência indonésia de geofísica (BMKG).

  • "Sinto-me como quem leva uma sova monumental"
    0:30
  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Equipa responsável por renovação da Proteção Civil ainda não é conhecida
    2:45

    País

    A constituição da unidade de missão que deverá entrar esta segunda-feira em funções para concretizar a reforma dos sistemas de prevenção e combate a incêndios ainda não é conhecida. A equipa de trabalho anunciada por António Costa será responsável por pôr de pé o novo sistema de Proteção Civil, aprovado no Conselho de Ministros extraordinário de sábado.

  • "Quero unir o PSD depois de o clarificar"
    1:17
  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.