sicnot

Perfil

Mundo

Luso-venezuelanos impedidos de usar telemóvel para telefonar para Portugal

Cidadãos estrangeiros radicados na Venezuela estão impedidos de usar o telemóvel com serviço das operadoras Movistar e Digitel para ligar para Portugal, designadamente para números fixos, confirmaram hoje fontes daquelas empresas à agência Lusa.

© Mike Segar / Reuters (Arquivo)

"Portugal não figura entre os países que constam do convénio da Movistar, para os quais se pode telefonar", disse à Lusa fonte da empresa.

Segundo a mesma fonte, entre os destinos para os quais é possível ligar estão os Estados Unidos, Espanha, Panamá, Peru, México, Brasil, Antilhas Holandesas, Porto Rico e Ilhas Caimão, entre outros.

Quanto à Digitel, fonte desta empresa explicou à Lusa que existe uma avaria nas ligações internacionais que impede, desde há uma semana, ligações telefónicas para vários países, entre os quais Portugal.

Questionado sobre quando serão normalizadas as ligações, a fonte disse não ter ainda nenhuma informação.

Vários cidadãos portugueses disseram à Lusa que desde há uma semana que têm dificuldade em telefonar para Portugal e que alguns dos seus familiares, em território português, tinham também dificuldades em ligar para a Venezuela.

A situação está a obrigar alguns utentes, entre eles a agência Lusa, a usar outras alternativas de comunicação, que passam pela contratação de um serviço em moeda estrangeira que permite indicar os números de origem e de destino a ligar.

Alguns utentes acrescentaram que parte dos problemas se deve à alegada falta de moeda estrangeira no país, na sequência da crise económica e financeira ocasionada pela descida dos preços internacionais do petróleo.

Na Venezuela vigora, desde 2003, um sistema de controlo cambial que impede a livre obtenção local de moeda estrangeira.

A Movistar, Digitel e a estatal Movilnet são as três principais operadoras de telefonia móvel na Venezuela.

Até agora não foi ainda possível confirmar se os clientes da Movilnet podem ou não efetuar ligações telefónicas para Portugal.

Lusa

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15