sicnot

Perfil

Mundo

Adiadas alegações finais no caso dos ativistas detidos em Angola

O tribunal provincial de Luanda adiou hoje, a pedido da defesa, as alegações finais do julgamento dos 17 jovens ativistas angolanos acusados de tentativa de rebelião e atentado contra o Presidente da República.

PAULO JULI\303\203O

A sessão começou com uma hora de atraso e um debate marcado por um desentendimento protagonizado pelo advogado de defesa David Mendes e pelo juiz do caso, Januário Domingos.

A sessão foi adiada para a próxima segunda-feira, às 9:00.

À saída do tribunal, David Mendes disse à imprensa que o tribunal não conseguiu a sua transformação de advogado em declarante e reiterou que não vai responder ao tribunal, a menos que seja levado sob custódia.

  • Confrontos entre gangues rivais na prisão brasileira de Natal

    Mundo

    Dois gangues rivais entraram em confronto na Penitenciária de Alcaçuz, a mesma onde morreram 26 presos num motim esta semana, avança a agência France Press. O site da Globo refere que há um morto e sete feridos. O Exército já foi chamado a intervir.

    Em desenvolvimento

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos
    2:32

    Economia

    Os transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos já a partir do próximo mês e a poupança nos passes combinados pode chegar até aos 12 euros por mês. Para além disso, foram criados 1280 lugares de estacionamento gratuito junto às estações da CP e Governo reafirma ainda que a linha será alvo de obras de melhoramentos este ano. Em 2016 passaram pela linha de Cascais 25 milhões de passageiros, mais 2,9% que no ano anterior.

  • Edíficio histórico de Teerão desmorona-se durante incêndio
    1:20
  • Cantora da Lambada encontrada morta carbonizada

    Cultura

    A cantora brasileira Loalwa Braz Vieira, ícone da Lambada do fim dos anos 80 e intérprete da música "Chorando se foi", foi encontrada morta num carro incendiado em Saquarema, Rio de Janeiro. A notícia é avançada pela Globo.