sicnot

Perfil

Mundo

Governo belga mantém alerta de segurança elevado

Mantém-se o alerta em Bruxelas. A capital belga mantém nível de alerta três, o segundo mais elevado. A confirmação foi dada pelo primeiro-ministro do país.

A polícia belga continua à procura dos dois suspeitos envolvidos nos tiroteios ocorridos, esta na terça-feira, na comuna de Forest, em Bruxelas.

A polícia belga continua à procura dos dois suspeitos envolvidos nos tiroteios ocorridos, esta na terça-feira, na comuna de Forest, em Bruxelas.

© Yves Herman / Reuters

A polícia belga continua à procura dos dois suspeitos envolvidos nos tiroteios ocorridos, esta na terça-feira, na comuna de Forest, em Bruxelas.

Um comunicado da procuradoria revelou a identidade do homem morto a tiro, ontem, na operação antiterrorista.

Trata-se de um argelino de 34 anos, que vivia ilegalmente na Bélgica e que não estava referenciado pelas autoridades.

  • Bélgica e Holanda foram os primeiros países a legalizar a eutanásia
    2:12

    Eutanásia

    O tema é muito pouco consensual e tem sido discutido em todas as partes do mundo. Em Portugal, o tema voltou a ser falado desde a apresentação de um manifesto, no início deste mês. O documento defende a possibilidade de doentes terminais disporem de uma morte medicamente assistida, tal como já acontece em algumas partes do mundo. Os primeiros países a legalizar a prática foram a Bélgica e a Holanda.

  • Operação antiterrorista em curso na Bélgica
    4:51

    Ataques em Paris

    As autoridades belgas confirmaram já que o principal suspeito dos atentados de Paris, Saleh Abdesalm, não é um dos visados na operação antiterrorista desta terça-feira nos arredores de bruxelas. Durante um tiroteio, quatro polícias ficaram feridos. Os suspeitos conseguiram fugir. A correspondente da SIC Susana Frexes está junto ao local onde está em curso esta operação.

  • "Neutralizado" um dos suspeitos na operação em Bruxelas

    Ataques em Paris

    Um dos suspeitos na operação antiterrorista em curso na capital da Bélgica terá sido "neutralizado", após troca de tiros com a polícia, avançam vários media belgas. Outros dois suspeitos continuam em fuga. A polícia cercou hoje um apartamento no bairro de Forest, a sul de Bruxelas, numa operação relacionada com os ataques de novembro em Paris.

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".