sicnot

Perfil

Mundo

Detidas 46 pessoas na Sérvia por corrupção, incluindo 16 polícias

A polícia sérvia deteve hoje 46 pessoas, incluindo 16 polícias, suspeitas de corrupção e de diversos géneros de fraudes, numa ação desencadeada a um mês de eleições legislativas antecipadas.

© Hazir Reka / Reuters

Esta foi a mais recente de um conjunto de operações de envergadura desencadeadas para combater a corrupção, e quando o Governo tem sido criticado por ter falhado na prisão dos "peixes graúdos".

"Vamos demonstrar que a corrupção neste país não compensa", declarou aos 'media' o ministro do Interior, Nebojsa Stefanovic, ao anunciar os resultados da operação desencadeada em diversas regiões do país.

O ministro precisou que as acusações de fraudes que recaem sobre os suspeitos incluem o não pagamento de multas de circulação automóvel, avaliadas em cerca de sete milhões de euros que prejudicaram os cofres do Estado.

Os polícias detidos são suspeitos de terem exigido e recebido, nas ruas de Belgrado, subornos num montante total de 24.000 euros.

Responsáveis pelo Fundo de reforma nacional, magistrados, e ainda responsáveis pela aquisição de bens públicos também foram detidos, acrescentou Stefanovic.

Numa outra operação conduzida em dezembro, 79 pessoas foram detidas, incluindo um antigo ministro, empresários e antigos líderes municipais.

A Sérvia convocou legislativas antecipadas para 24 de abril. O atual Governo de coligação, liderado pelos conservadores do Partido Progressista Sérvio (SNS) garantir um novo mandato, dois anos antes das eleições previstas para 2018, com o argumento de pretender aplicar as reformas necessárias e conduzir o país "à porta da União Europeia" na sequência do início das conversações de adesão.

O primeiro-ministro Aleksandar Vucic, acusado pela opositor de uma tentativa de reforço do seu poder, elegeu o combate à corrupção como uma das prioridades do seu governo.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.