sicnot

Perfil

Mundo

Conselho Nacional de Segurança da Bélgica mantém nível de alerta terrorista

O conselho de segurança belga decidiu manter o alerta terrorista no nível três, numa escala de quatro, depois da detenção, na sexta-feira, do homem mais procurado desde os atentados de novembro em Paris, Salah Abdeslam.

STEPHANIE LECOCQ

A decisão foi anunciada pelo primeiro-ministro belga, Charles Michel, após uma reunião em que os ministros do Interior, Jan Jambon, dos Negócios Estrangeiros, Didier Reynders, da Justiça, Koen Geens, e da Defesa, Steven Vandeput, e responsáveis policiais e da luta contra o terrorismo avaliaram a situação de segurança.

O nível de alerta três, que se traduz numa avaliação de "ameaça possível e credível", foi ativado na Bélgica depois dos atentados de 13 de novembro em Paris.

Salah Abdeslam, francês residente em Bruxelas e considerado pelas autoridades decisivo na logística dos ataques de Paris, foi detido na sexta-feira no bairro de Molenbeek, em Bruxelas, depois de mais de quatro meses em fuga.

Além de Abdeslam, de 26 anos, quatro outros suspeitos foram detidos.

Os atentados de Paris, reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico, fizeram 130 mortos e mais de 300 feridos.

Lusa

  • Salah Abdeslam teve alta do hospital belga

    Ataques em Paris

    O principal suspeito dos atentados de Paris detido em Bruxelas, Salah Abdeslam, saiu hoje de manhã do hospital Saint-Pierre. As autoridades não adiantaram o destino daquele que era o homem mais procurado da Europa e que foi ferido e capturado ontem, num raide da polícia belga no bairro de Molenbeek, em Bruxelas.

  • Molenbeek esteve na mira da autoridades desde os atentados
    1:05

    Mundo

    Depois dos atentados de novembro em Paris, o bairro de Molenbeek, em Bruxelas, foi alvo de várias operações antiterroristas. As autoridades acreditam que muitos jovens terão saído do bairro rumo à Síria. Molenbeek já chegou mesmo a ser chamado de "ninho de terroristas".

  • Terrorista mais procurado da Europa foi capturado
    2:05

    Mundo

    O terrorista mais procurado da Europa, Salah Abdeslam, foi capturado no bairro de Molenbeek, esta tarde, em Bruxelas. O homem é suspeito dos atentados de novembro em Paris. Abdeslam estava em fuga há quatro meses e não terá saído da Bélgica durante esse período de tempo.

  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos poucos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Pensões vão subir em janeiro

    Economia

    As pensões vão subir entre 1 e 1,8% em janeiro próximo. O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou esta quinta-feira o valor da inflação, que vai definir a atualização das reformas em 2018.

  • Investigação australiana recomenda fim do celibato na Igreja Católica

    Mundo

    Uma investigação australiana sobre abuso sexual de crianças recomendou hoje à Igreja Católica que levante a exigência de celibato ao clero, de acordo com o relatório final. O mesmo documento, com 189 recomendações e 17 volumes, indicou que deve também ser esclarecido até onde vai o segredo da confissão quando estão em causa provas de crimes contra menores.

  • Trabalhos de estabilização de solos nas áreas ardidas começam na Lousã
    1:24

    País

    Vários concelhos afetados pelos incêndios estão a começar a receber uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas. O trabalho arrancou esta quinta-feira na zona da Lousã e tem como objetivo reduzir o impacto da chuva nos terrenos afetados pelos fogos. Nos trabalhos, estão presentes o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro e a Força Especial de Bombeiros.

  • Anúncio de lince ibérico no OLX sob investigação
    1:25

    País

    A GNR está a investigar um anúncio de venda de um lince ibérico no site de classificados OLX. As autoridades admitem poder tratar-se de uma bricandeira, mas sendo o lince uma espécie protegida e a sua captura e venda um crime, o caso está a ser investigado. O anúncio foi entretanto retirado do site.