sicnot

Perfil

Mundo

Estados Unidos, NATO e União Europeia condenam atentado de Istambul

A União Europeia (UE), os Estados Unidos e a NATO condenaram o atentado suicida perpetrado este sábado no centro de Istambul que fez cinco mortos e 36 feridos, um dos quais português.

© KEMAL ASLAN / Reuters

"A zona turística de Istambul sofreu mais um ataque à bomba e de novo as consequências são dramáticas. Estendemos as nossas mais profundas condolências às famílias e amigos dos mortos e esperamos uma rápida recuperação dos feridos", lê-se num comunicado do Serviço Europeu de Ação Externa.

"Reiteramos a nossa solidariedade e apoio à Turquia que, como toda a comunidade internacional, enfrenta a ameaça do terrorismo", acrescenta.

Também em comunicado, o Departamento de Estado dos Estados Unidos manifestou uma "condenação enérgica" do "sangrento ataque", "o mais recente de uma série de atos de violência indefensáveis contra inocentes na Turquia".

"Os Estados Unidos estão solidários com o seu aliado turco no combate à ameaça comum do terrorismo", acrescenta o texto.

Na NATO, um comunicado do secretário-geral, Jens Stoltenberg, condena "com firmeza" o ataque "contra civis inocentes" e contra "o aliado Turquia".

"Não pode haver justificação para o terrorismo. Os aliados da NATO estão com a Turquia, unidos na determinação de lutar contra o terrorismo em todas as suas formas", acrescentou.

O atentado na rua Istiklal, uma artéria pedonal do centro de Istambul, foi cometido por um atacante suicida que morreu no local, segundo as autoridades turcas.

O ataque não foi reivindicado até ao momento, mas a imprensa turca atribui-o ao grupo extremista Estado Islâmico.

Além do atacante, três israelitas e um iraniano morreram. A maioria dos feridos é de nacionalidade estrangeira, segundo a imprensa turca: um português, um alemão, um islandês, um iraniano, dois irlandeses e 11 israelitas.

Pelo menos três dos feridos estão em estado grave.

Segundo a secretaria de Estado das Comunidades, o português sofreu ferimentos sem gravidade e recebeu tratamento hospitalar.

A televisão CNN-Türk noticiou que os investigadores admitem que o grupo de turistas israelitas fosse o alvo do ataque.

Lusa

  • Adeptos do Sporting gritaram "Joguem à bola"

    Desporto

    Depois da eliminação da Taça de Portugal, o autocarro do Sporting deixou o Estádio Municipal de Chaves em clima de grante tensão. Vários adeptos leoninos protestaram contra a equipa e pediram explicações.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Temperaturas negativas em várias zonas do país nos próximos dias
    1:57

    País

    O frio vai começar a fazer-se sentir nos próximos dias com as temperaturas a descerem para valores negativos em várias zonas do país. Em Lisboa, cinco estações de metro vão estar abertas durante a noite para albergar os sem-abrigo que também vão receber agasalhos e refeições quentes.

  • Medalha idêntica à de Anne Frank encontrada em campo nazi

    Mundo

    Um grupo de investigadores encontrou uma medalha praticamente igual à de Anne Frank, nas escavações ao campo nazi de extermínio Sobibor, na Polónia. Os especialistas do Memorial do Holocausto Yad Vashem em Israel acreditam que a medalha pertencia a Karoline Cohn, que pode ter conhecido Anne Frank.