sicnot

Perfil

Mundo

Cáries dentárias são a doença não contagiosa mais comum no mundo

Cerca de 60 a 90% das crianças em idade escolar sofrem de cáries dentárias, um problema que atinge quase todos os adultos, conclui um estudo da Organização Mundial de Saúde divulgado pela organização 'Mundo a Sorrir'.

(Reuters/Arquivo)

(Reuters/Arquivo)

© Sergio Perez / Reuters

A propósito do Dia Mundial da Saúde Oral, que hoje se assinala, a Organização Não Governamental (ONG) portuguesa salienta que a OMS considera as cáries dentárias a "doença não contagiosa mais comum no mundo".

O estudo relaça ainda que, mundialmente, 30% das pessoas entre os 65 e os 74 anos já não possui dentes naturais.

Entre os fatores de risco para as cáries dentárias e doenças orais estão "uma dieta pouco saudável, o tabagismo, o abuso do álcool e uma fraca higiene oral, bem como desigualdades sociais", afirma Miguel Pavão, fundador da 'Mundo a Sorrir', citado num comunicado da organização.

A escovagem dentária com pastas fluoretadas é, segundo o especialista, a forma mais eficaz e económica de prevenir a cárie dentária, mas "é preciso que os cuidados de saúde oral cheguem a todas as pessoas, o que ainda está longe de acontecer".

Em Portugal, no âmbito do Programa Nacional de Promoção de Saúde Oral (PNSO), desde o início deste mês que os cheques-dentista abrangem também jovens de 18 anos que já tinham beneficiado deste apoio e que tinham concluído o plano de tratamentos aos 16 anos.

Este alargamento do PNSO passou também a abranger os infetados com VIH/sida que já não faziam tratamentos há mais de dois anos, sendo-lhes atribuídos dois cheques-dentista para um ciclo de tratamentos.

As crianças e jovens portadores de deficiência que precisam de sedação para tratar dos dentes passaram igualmente a ter acesso a cheques-dentista, podendo ser tratados nos serviços de estomatologia dos hospitais.

Atualmente, o cheque-dentista abrange crianças de 7, 10, 13 e 15 anos que frequentem as escolas públicas, idosos com complemento solidário, grávidas e portadores de VIH.

O programa dos cheques-dentista existe desde 2008 e foram já distribuídos um total de mais de 3,6 milhões de cheques, abrangendo 2,2 milhões de pessoas. A taxa de utilização destes cheques tem tido uma média de 74%.

Lusa

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".