sicnot

Perfil

Mundo

FlyDubay vai indemnizar com 17,7 mil € cada família das vítimas

A FlyDubai anunciou hoje que vai indemnizar com 20 mil dólares cada família dos 62 passageiros que morreram na madrugada de sábado na queda do Boeing da companhia aérea em Rostov-on-Don, no sul da Rússia.

Um memorial improvisado às vítimas do voo FZ981, junto ao aeroporto de Rostov-on-Don

Um memorial improvisado às vítimas do voo FZ981, junto ao aeroporto de Rostov-on-Don

© Maxim Shemetov / Reuters

De acordo com a nota, esta compensação financeira, de cerca de 17,7 mil euros, destina-se a satisfazer as necessidades económicas urgentes dos familiares das vítimas, refere a companhia, em comunicado.

"A nossa preocupação está em contactar com as famílias que perderam os seus entes queridos neste triste acidente", acrescenta a nota da FlyDubai.

Um Boeing 738 da FlyDubai despenhou-se na madrugada de sábado, às 00:50 em Lisboa, a uns 250 metros da pista de aterragem em Rostov-on-Don, no sul da Rússia, causando a morte de 62 passageiros.

As equipas russas de resgate já localizaram 183 fragmentos dos corpos das vítimas no local da tragédia e os trabalhos de busca continuam num território de dez hectares, informou a meios russos um porta-voz do ministério russo de Situações de Emergência.

A força com que se precipitou contra o solo o Boeing da companhia dos Emirados Árabes e a explosão que se seguiu ao choque desfez em pedaços o aparelho e espalhou os seus restos num raio de um quilómetro à volta do epicentro do sinistro.

O avião caiu bruscamente sobre o aeroporto da cidade de Rostov-on-Don depois de passar duas horas e meia às voltas sobre a cidade do sul da Rússia à espera que as péssimas condições meteorológicas permitissem a aterragem.

O presidente executivo da FlyDubai, Gaiz al-Gaiz, assegurou que tanto o piloto, de nacionalidade cipriota, como o copiloto reuniam uma avultada experiência com mais de 5.700 horas de voo cada.

A maioria dos passageiros falecidos era russa, praticamente todos da região de Rostov-on-Don, que tinham viajado aos Emirados Árabes em turismo.

Lusa

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.