sicnot

Perfil

Mundo

Suu Kyi presta juramento como ministra do novo governo da Birmânia

A líder do movimento democrático da Birmânia, Aung San Suu Kyi, prestou hoje juramento como ministra do novo governo do país, pouco depois de Htin Kyaw, um homem da sua confiança, ter sido empossado como Presidente.

A líder do movimento democrático da Birmânia, Aung San Suu Kyi, prestou hoje juramento como ministra do novo governo do país, pouco depois de Htin Kyaw, um homem da sua confiança, ter sido empossado como Presidente.

A líder do movimento democrático da Birmânia, Aung San Suu Kyi, prestou hoje juramento como ministra do novo governo do país, pouco depois de Htin Kyaw, um homem da sua confiança, ter sido empossado como Presidente.

Gemunu Amarasinghe

Suu Kyi vai liderar quatro de 21 ministérios: o dos Negócios Estrangeiros, o do Gabinete da Presidência, o da Educação e o da Eletricidade e Energia.

A Nobel da Paz prestou juramento com mais 17 membros do novo Executivo, numa breve cerimónia em Naypyidaw, transmitida pelo canal de televisão do parlamento.

Prémio Nobel da Paz em 1991, Suu Kyi, que a junta militar que governou a Birmânia manteve sob detenção durante mais de 15 anos, está impedida de se candidatar à Presidência do país devido ao artigo da Constituição que retira essa possibilidade a pessoas casadas ou com filhos estrangeiros.

Uma disposição que se considera feita para visar diretamente Suu Kyi, viúva de um britânico e com filhos de nacionalidade britânica.

O partido de Aung San Suu Kyi, de 70 anos, conquistou a maioria no parlamento brimanês em novembro do ano passado, naquelas que foram as primeiras eleições livres em mais de 25 anos.

A última junta militar cedeu em 2011 o poder a um governo encabeçado pelo general Thein Sein, que iniciou uma série de reformas políticas e económicas premiadas com o levantamento de sanções por parte da União Europeia e dos Estados Unidos.

Lusa

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.