sicnot

Perfil

Mundo

Nem todos os cabelos crescem no espaço

Os astronautas enfrentam vários desafios para viver no espaço sem as comodidades que há na Terra, mas a falta de cabeleireiro não será uma das suas preocupações. É que o estudo aos cabelos de 10 astronautas que viveram na Estação Espacial Internacional revelou que o dos homens não cresce.

A astronauta da NASA Karen Nyberg durante a Expedition 36 mostra como lava o cabelo no espaço.

A astronauta da NASA Karen Nyberg durante a Expedition 36 mostra como lava o cabelo no espaço.

© NASA NASA / Reuters

Viver em gravidade zero altera os genes que estão programados para fazer o cabelo crescer, revelam os investigadores da Agência Japonesa para a Exploração Aeroespacial (JAXA), num estudo publicado na revista Public Library of Science One.

Há no entanto diferenças entre os cabelos masculinos e os femininos: "as alterações genéticas nos folículos variam de pessoa para pessoa", diz Masahiro Terada, um dos investigadores.

Oito homens e duas mulheres astronautas participaram no estudo. Retiraram fios de cabelo antes, durante e depois da estadia na Estação Espacial Internacional. A informação genética contida nos folículos mostra quais os genes que estão ativos.

De qualquer forma, os astronautas que estão vários meses a viver e a trabalhar na Estação têm de cortar de vez em quando o cabelo. Para isso têm um aspirador especial para que os cabelos cortados não voem por toda a Estação.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.