sicnot

Perfil

Mundo

Polícia venezuelana investiga assassínio de comerciante português

A polícia venezuelana iniciou as investigações para determinar as circunstâncias que envolveram o assassínio de um comerciante português de 50 anos, ocorrido na cidade de Barcelona, Estado de Anzoátegui, a 320 quilómetros a leste de Caracas.

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

Segundo fontes policiais, o corpo do imigrante foi encontrado, na sexta-feira, dentro de uma banheira, na sua residência, em Los Mangles, Barcelona.

As investigações estão a ser realizadas pelo Corpo de Investigações Científica, Penais e Criminalísticas (Cicpc, antiga Polícia Técnica Judiciária).

Fontes não oficiais dão conta de que o imigrante poderá ter sido assassinado por dois indivíduos armados que teriam roubado a sua casa.

Também que, no momento do roubo, o cidadão português se encontrava acompanhado por um familiar que foi agredido, na cabeça, pelos assaltantes.

A insegurança é apontada pelos venezuelanos como uma das principais preocupações dos cidadãos, afetando por igual tanto nacionais como estrangeiros radicados no país.

Com frequência a população bloqueia estradas em protesto pela alta insegurança, assunto que ocupa diariamente várias páginas dos jornais venezuelanos.

Lusa

  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37
  • Trump e Netanyahu discutiram "ameaças que o Irão coloca"

    Mundo

    O novo Presidente norte-americano, Donald Trump, e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, debateram "as ameaças que o Irão coloca" e concordaram que a paz israelo-palestiniana só pode ser "negociada diretamente", anunciou este domingo a Casa Branca.