sicnot

Perfil

Mundo

Sanders apela ao fim das deportações e separação de famílias imigrantes

O aspirante a candidato do Partido Democrata nas eleições presidenciais dos EUA Bernie Sanders pediu hoje ao Governo de Barack Obama para acabar com as deportações e separações de crianças e famílias de imigrantes clandestinos.

© Mark Kauzlarich / Reuters

"Os Estados Unidos foram sempre um símbolo de liberdade para aqueles que fogem da violência e perseguição. Os ataques que separam as nossas famílias não representam a nossa essência", disse Sanders em comunicado.

O senador do Vermont disse que a deportação "pode chegar a ser uma sentença de morte para menores de idade, pais de família e requerentes de asilo que são detidos".

"Pedir que crianças de três anos de idade se representem a si mesmos legalmente em audiências de imigração é uma perda vergonhosa de justiça e não devemos permitir que continue. As famílias merecem um tratamento justo e a nossa compaixão, e não um processo concebido para expô-los ao perigo", afirmou.

Sanders deu como exemplo a possível deportação de Wildin Acosta, um jovem adolescente que escapou das Honduras depois de ter sido ameaçado de morte por um gangue, e a deportação pendente de Ladislao Padilla Ochoa, "um pai de família que viveu no Tennessee durante quase 20 anos".

Os cidadãos do Wisconsin (centro-norte dos EUA) vão este mês às urnas para decidir quem vai ser o candidato democrata à Casa Branca. Mantêm-se na corrida do Partido Democrata Sanders e a ex-secretária de Estado Hillary Clinton.

Lusa

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52