sicnot

Perfil

Mundo

Dubai vai construir maior torre do mundo

O Dubai vai construir a maior torre do mundo, que irá superar os 828 metros do Burj Khalifa (163 andares), o arranha-céus que detém o recorde também situado no mesmo emirado, indicou hoje a empresa que pretende desenvolver o projeto.

© POOL New / Reuters

A construção do edifício vai custar 1.000 milhões de dólares (880 milhões de euros), sublinhou o presidente do conselho de administração da Emaar, Lohamed Alabbar, referindo que a altura final do arranha-céus será divulgada quando se atingir os 828 metros.

A empresa, segundo Alabbar, quer oferecer o arranha-céus à cidade antes de 2020, o ano em que o Dubai vai acolher a exposição mundial de comércio justo.

Desenhado pelo arquiteto suíço-espanhol Santiago Calatrava Valls, a torre vai albergar residências, lojas e restaurantes.

A Burj Khalifa, com 828 metros de altura, custou 1.500 milhões de dólares (1.320 milhões de euros) e foi inaugurada em janeiro de 2010.

Alabbar descreveu a nova estrutura como "um monumento elegante".

"Muitos gostavam de ter uma vista" quando procuram uma casa, acrescentou, salientando que todos os apartamentos terão uma panorâmica "deslumbrante".

A torre terá um corpo esguio e elegante, evocando a imagem de um minarete, e será ancorada no solo com cabos robustos, sublinhou o responsável da Emaar.

O Dubai criou a reputação de construir dezenas de arranha-céus futuristas, que acabaram por transformar a vista na cidade.

Porém, na Arábia Saudita, a empresa local Kingdom Holding está também a construir em Jidá, a segunda maior cidade do país, uma torre projetada para ultrapassar um quilómetro em altura, obra cuja conclusão se prevê para 2020.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.