sicnot

Perfil

Mundo

Ativista angolano Nuno Dala para greve de fome quando lhe forem devolvidos os livros

O ativista angolano Nuno Dala, há 34 dias em greve de fome, disse hoje que vai continuar o protesto até que lhe sejam devolvidos alguns bens confiscados.

PAULO JULI\303\203O

Em declarações hoje à imprensa, Nuno Dala, que realiza a greve de fome desde o passado dia 10 de março, essencialmente para exigir acesso às suas contas bancárias, disse que não recebeu também ainda das autoridades garantias de que os obstáculos estão ultrapassados.

"Parte dos bens foram entregues à minha irmã. Entretanto, de acordo com aquilo que é o conjunto das minhas exigências que me levaram a fazer a greve, o meu nível de satisfação não é total, é parcial", afirmou o também professor universitário.

Nuno Dala, que integra o grupo de 17 ativistas angolanos condenados pelos crimes de atos preparatórios de rebelião e por associação de malfeitores, disse ainda que os livros e cadernos apreendidos, ainda em posse das autoridades são de extrema importância para si, por isso exige a sua devolução.

"A minha maior preocupação com relação a esses bens incide sobretudo nos livros e cadernos, os cadernos contêm registos que são extremamente importantes para aquilo que foi a minha vivência durante os quatro meses que estive em prisão preventiva no estabelecimento que mencionei", explicou Nuno Dala, numa referência à prisão de Caquila.

O ativista de direitos humanos sublinhou também que "embora esteja relativamente satisfeito em relação aos bens que já foram entregues", vai continuar a exigir que lhe sejam devolvidos os 38.500 kwanzas (205 euros) que se encontravam na sua mochila no dia da sua detenção, a 20 de junho de 2015.

"Não sendo muito dinheiro poderia prescindir desse valor, mas isso não vai acontecer. Não se trata apenas de exigir que me devolvam aquilo que o Estado me retirou, mas trata-se de, de forma simbólica, deixar bastante clara a mensagem que o Estado não deve abusar das suas prerrogativas constitucionalmente consagradas e usá-las para abusar, violar, dar golpes, aos direitos de liberdade dos cidadãos", frisou.

"A anulação da greve de fome depende de as autoridades devolverem o dinheiro e os bens culturais, das autoridades garantirem que efetivamente doravante aqueles obstáculos que me foram impostos abusivamente impossibilitando-me de ter acesso, ou por procuração ou de uma forma legalmente prevista, às minhas contas, porque antes da prisão tinha vários empregos e por esta forma me sustentava e à minha família", acrescentou.

Quanto ao seu estado de saúde, Nuno Dala disse-se estável, apesar de debilitado, realçando o empenho da equipa médica que o assiste.

"Se eu disser que tenho sido mal tratado estarei a mentir e a ser desonesto com os senhores, Angola e o mundo. Posso dizer que tenho sido alvo de um tratamento bom", salientou.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.