sicnot

Perfil

Mundo

Bélgica liberta sem acusação três homens detidos no âmbito dos atentados de Paris

As autoridades belgas libertaram hoje sem qualquer acusação três pessoas que tinham sido detidas sob suspeita de cumplicidade nos atentados de Paris, em novembro de 2015, anunciou a Procuradoria federal.

Reuters

"No âmbito das investigações dos atentados de 13 de novembro de 2013 em Paris, as três pessoas ontem (terça-feira) detidas para interrogatório foram libertadas pelo juiz que conduz o processo", disse o porta-voz da procuradoria Eric Van der Sypt.

Van der Spyt acrescentou que a nenhum dos três foi deduzida qualquer acusação.

Na terça-feira, a polícia belga deteve três homens na comuna de Uccle, na capital belga, durante uma operação ligada às investigações dos atentados de Paris, que mataram 130 pessoas.

As investigações analisam ainda as ligações entre estes ataques e os de 22 de março último, em Bruxelas, que mataram 32 pessoas

  • Cavaco apela ao voto contra a eutanásia
    1:09

    País

    A eutanásia será discutida no Parlamento na terça-feira e os deputados do PS e PSD terão liberdade de voto. O PCP e CDS já se anteciparam e garantem que vão votar contra. Cavaco Silva é outra voz crítica em relação a esta questão. O ex-Presidente da República diz que é a decisão mais grave que os deputados podem tomar e apela que nas legislativas de 2019 não se vote nos partidos que forem a favor da morte medicamente assistida.

  • Papa terá pedido a bispos que rejeitem seminaristas homossexuais
    1:15
  • Duquesa de Sussex já tem brasão

    Harry & Meghan

    O Palácio de Kensington apresentou esta sexta-feira o brasão da Duquesa de Sussex, Meghan Markle. O brasão foi criado pelo College of Arms mas teve a ajuda da duquesa para que este fosse "pessoal e representativo".

    SIC

  • Moradores de Lake Worth recebem alerta para invasão de mortos-vivos

    Mundo

    E se de repente recebesse uma mensagem que alertava que a sua cidade estava a ser atacada por mortos-vivos? Foi o que aconteceu com os moradores da cidade norte-americana de Lake Worth, que foram surpreendidos durante a madrugada por uma mensagem de emergência dos serviços estatais, que os avisava de "atividade extrema de mortos-vivos".

    SIC