sicnot

Perfil

Mundo

FBI pagou a piratas informáticos para aceder a telemóvel de autor de tiroteio

O FBI pagou a "piratas informáticos profissionais" para conseguir aceder ao telemóvel usado pelo autor do tiroteio ocorrido em dezembro na localidade californiana de San Bernardino, nos Estados Unidos, que fez 14 mortos, noticiou o Washington Post.

O FBI acedeu ao telemóvel de Rizwan Farook, responsável, com a mulher, pela morte de 14 pessoas, depois de um litígio legal e de a Apple se ter negado a prestar ajuda. (Arquivo)

O FBI acedeu ao telemóvel de Rizwan Farook, responsável, com a mulher, pela morte de 14 pessoas, depois de um litígio legal e de a Apple se ter negado a prestar ajuda. (Arquivo)

© Mike Segar / Reuters

Segundo publicou o jornal esta terça-feira, citando fontes policiais não identificadas, o FBI contactou os 'hackers', que descobriram um defeito de 'software' e facultaram a informação aos agentes, que assim criaram 'hardware' que lhes permitiu aceder ao iPhone.

Os investigadores conseguiram desbloquear o código pessoal de quatro dígitos sem ativar um mecanismo de segurança utilizado pela Apple, fabricante do aparelho, que teria eliminado todo o conteúdo do telemóvel caso fossem digitados, mais de dez vezes, códigos incorretos.

O grupo de piratas informáticos, que habitualmente colaboram com a Administração norte-americana, recebeu uma quantia não especificada.

O FBI acedeu ao telemóvel de Rizwan Farook, responsável, com a mulher, Tashfeen Malik, pela morte de 14 pessoas, depois de um litígio legal e de a Apple se ter negado a prestar ajuda.

A empresa alegou que, ao aceder ao pedido das autoridades, colocaria em risco a privacidade de todos os seus dispositivos.

Lusa

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Marcelo comenta comparação de Centeno a Ronaldo

    País

    O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, comentou esta quarta-feira a comparação que o ministro das Finanças alemão terá feito entre Mário Centeno e Ronaldo, considerando que "quem quer que disse isso, por uma vez não pensou mal".