sicnot

Perfil

Mundo

Mais de mil migrantes cubanos forçam entrada na Costa Rica

Mais de mil migrantes, a maior parte dos quais cubanos, forçaram hoje a sua entrada na Costa Rica, depois de terem sido impedidos de entrar no Panamá, para tentarem chegar aos Estados Unidos, disse o Governo costa-riquenho.

© Carlos Jasso / Reuters

"Hoje, mais de mil migrantes forçaram a sua entrada na Costa Rica, o que é uma afronta ao povo da Costa Rica", referiu, em comunicado, a Presidência.

Imagens televisivas mostraram confrontos entre os migrantes e as autoridades locais, que tentaram impedir a sua entrada no país.

As janelas de vários veículos e de edifícios foram destruídos nos confrontos.

Segundo o Governo da Costa Rica, nos últimos meses entraram no país cerca de oito mil cubanos.

Os migrantes cubanos tentam chegar aos Estados Unidos depois de uma viagem de várias semanas, que começa no Equador.

Atualmente, os cubanos que chegam por terra aos Estados Unidos estão autorizados a entrar no país, depois de verificados os seus documentos de identidade.

O Governo da Costa Rica alertou que o país não tem capacidade para dar assistência a todos os migrantes.

Na terça-feira, as autoridades migratórias da América Central, Colômbia, Equador, México e Estados Unidos reuniram-se na Costa Rica para tentar encontrar solução para a crise.

Lusa

  • "Podemos estar a sair da União Europeia, mas não vamos sair da Europa"
    0:40
  • Viver em Évora
    5:11
  • Projeto piloto no Porto com o objetivo de detetar Ambliopia em crianças
    1:16

    País

    São resultados que dizem respeito apenas ao Grande Porto, mas que podem dar uma ajuda para traçar o panorama nacional: 13% das crianças que participaram num rastreio à saúde visual tiveram de ser encaminhadas para consultadas da especialidade. O projeto piloto foi implementado em quatro concelhos do norte do país, mas pode ser alargado.

  • Presidente catalão garante ter plano de contingência
    2:14