sicnot

Perfil

Mundo

Robô vai dar aulas de inglês no Japão

Um exemplar de Pepper, um robô de última geração muito popular no Japão, foi hoje pela primeira vez a um instituto nipónico, numa iniciativa que pretende normalizar a presença destes objetos em salas de aula.

Pepper é o primeiro robô capaz de comunicar e interpretar emoções humanas.

Pepper é o primeiro robô capaz de comunicar e interpretar emoções humanas.

© Nigel Treblin / Reuters

Segundo a rádio japonesa NHK, a presença do Pepper no instituto tem como objetivo familiarizar os alunos com o robô, que já está presente em estabelecimentos comerciais e em bancos. Na área educativa, o instituto Soshi, na prefeitura de Fukushima, vai igualmente servir-se do robô para melhorar a capacidade dos alunos de falarem inglês.

Pepper é o primeiro robô capaz de comunicar e interpretar emoções humanas, está à venda para usos domésticos a um preço base de 128.00 yenes (cerca de 1.600 euros) e a intenção do fabricante é de poder usá-lo, no futuro, nos setores da saúde, educação ou ainda atendimento ao público.

O autómato utiliza uma tecnologia desenvolvida pela Cocoro SB Corp que permitiu gerar artificialmente as emoções do robot e foi concebido pelo gigante nipónico das telecomunicações SoftBank e pela companhia francesa de robótica Aldebaran Robotics.

Lusa

  • Novas buscas no Universo Espírito Santo

    Queda do BES

    O Ministério Público voltou a fazer buscas no âmbito dos processos do Universo Espírito Santo. A SIC sabe que ontem e hoje os investigadores recolheram provas em diversos locais do continente e também na Madeira, nomeadamente em residências, empresas e entidades bancárias.

    Notícia SIC

  • Visitar a região afetada pelo fogos é uma forma de ajudar na recuperação
    3:07
  • Carvalhal do Sapo tenta recuperar a vida normal após incêndio
    2:33

    País

    As populações das aldeias de Góis tentam voltar à normalidade, ao fim de vários dias rodeadas por um grande dispositivo de operacionais. A repórter Cristina Freitas esteve hoje em Carvalhal do Sapo, onde se realizou mais um funeral de uma das vítimas do incêndio de Pedrógão Grande.

  • Falta de médicos e de ofertas de emprego preocupa habitantes da Guarda
    5:13
  • "Do ponto de vista interno a candidatura do Porto é a melhor" 
    0:50

    País

    António Costa admite que a candidatura da cidade do Porto para receber a Agência Europeia do Medicamento seria a melhor para Portugal. No entanto o primeiro-ministro diz que é preciso avaliar se a candidatura do Porto é a que tem mais hipóteses de ganhar, quando comparada com outras cidades europeias. 

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43