sicnot

Perfil

Mundo

Trump acusa Partido Republicano de manipular primárias para o prejudicar

O aspirante à presidência dos EUA Donald Trump disse na terça-feira que o Partido Republicano está manipular as primárias para o prejudicar, após a distribuição de delegados no Louisiana e Colorado.

© Carlo Allegri / Reuters

Num encontro com votantes do estado de Nova Iorque (o próximo a ir às urnas) transmitido pelo canal CNN, Trump disse conhecer as normas que regem as primárias, mas apontou estar convencido de que estão a ser manipuladas pelo aparelho do partido para o prejudicar.

"Mudaram as regras há uns meses porque viram que eu estava a ir bem [nas sondagens] e não lhes agradou", afirmou o magnata do imobiliário, que lidera atualmente a corrida à nomeação republicana.

Cada estado dos Estados Unidos tem as suas próprias regras para organizar primárias ou 'caucus' (assembleias populares) e distribuir os delegados que na convenção nacional de julho elegerão o candidato do partido nas eleições presidenciais de novembro.

No Louisiana, estado do sul do país, Trump ganhou por uma pequena margem, contudo, o seu rival Ted Cruz acabou por levar a maioria dos delegados em jogo.

Já o Colorado não realizou primárias, mas uma convenção estatal do partido, na semana passada, em que foram eleitos os delegados à convenção republicana e todos (34) foram para Cruz.

Trump afirmou que o Partido Republicano está "100% controlado" pelo Comité Nacional Republicano (o órgão da direção) e que este não o quer como candidato à Casa Branca.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.