sicnot

Perfil

Mundo

Trump acusa Partido Republicano de manipular primárias para o prejudicar

O aspirante à presidência dos EUA Donald Trump disse na terça-feira que o Partido Republicano está manipular as primárias para o prejudicar, após a distribuição de delegados no Louisiana e Colorado.

© Carlo Allegri / Reuters

Num encontro com votantes do estado de Nova Iorque (o próximo a ir às urnas) transmitido pelo canal CNN, Trump disse conhecer as normas que regem as primárias, mas apontou estar convencido de que estão a ser manipuladas pelo aparelho do partido para o prejudicar.

"Mudaram as regras há uns meses porque viram que eu estava a ir bem [nas sondagens] e não lhes agradou", afirmou o magnata do imobiliário, que lidera atualmente a corrida à nomeação republicana.

Cada estado dos Estados Unidos tem as suas próprias regras para organizar primárias ou 'caucus' (assembleias populares) e distribuir os delegados que na convenção nacional de julho elegerão o candidato do partido nas eleições presidenciais de novembro.

No Louisiana, estado do sul do país, Trump ganhou por uma pequena margem, contudo, o seu rival Ted Cruz acabou por levar a maioria dos delegados em jogo.

Já o Colorado não realizou primárias, mas uma convenção estatal do partido, na semana passada, em que foram eleitos os delegados à convenção republicana e todos (34) foram para Cruz.

Trump afirmou que o Partido Republicano está "100% controlado" pelo Comité Nacional Republicano (o órgão da direção) e que este não o quer como candidato à Casa Branca.

Lusa

  • Novo Banco vai reestruturar dívida de Luís Filipe Vieira
    1:22

    Desporto

    O Novo Banco vai reestruturar parte da dívida da empresa de Luís Filipe Vieira, que ronda os 400 milhões de euros. Parte dos ativos da empresa foram transferidos para um fundo para serem rentabilizados no prazo de cinco anos. Esse fundo está a ser gerido pelo vice-presidente do Benfica.

  • Dono de fábrica que ardeu na Anadia diz que produção não vai ser afetada
    2:04
  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Tragédia em Vila Nova da Rainha aconteceu há uma semana
    7:18
  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52