sicnot

Perfil

Mundo

Controlador admite estar a jogar no telemóvel antes de colisão de comboios na Alemanha

A hipótese de erro humano já tinha sido avançada pelos media alemães como causa da colisão de comboios em Bad Aibling, sul da Alemanha, que causou 11 mortos e mais de 80 feridos. Um controlador de tráfego ferroviário sob investigação admitiu, esta terça-feira, que estava a jogar no telemóvel, o que terá contribuído para uma falha grave que terá originado o acidente.

Matthias Schrader

A notícia foi avançada pelo procurador que interrogou o suspeito. O funcionário "ligou o telemóvel durante o turno na manhã do acidente e esteve a jogar até pouco antes de ocorrer a colisão", referiu o procurador. A investigação não encontrou qualquer falha técnica no sistema que regula a circulação ferroviária.

O funcionário do posto de controlo não assume que o facto de estar a jogar tenha perturbado o seu desempenho, mas a investigação refere que tendo em conta o período de tempo em que esteve a jogar conclui-se que não terá prestado a devida atenção às indicações que é responsável por dar aos maquinistas. O controlador de tráfego ferroviário terá, assim, terá dado informação errada, o que fez com que os dois comboios circulassem na mesma linha e viessem a chocar de frente.

O acidente ocorreu a 9 de fevereiro deste ano, cerca das 7:00 (6:00 em Lisboa), na linha que liga Rosenheim a Holzkirchen, entre dois comboios regionais.

De acordo com a imprensa alemã, a sinalização automática foi desativada "para deixar passar um comboio atrasado", ou seja, a primeira composição implicada no acidente, numa zona em que a via é única até ao ponto onde os carris se separam novamente para formar duas vias.

O segundo comboio entrou manualmente na mesma via em sentido inverso, "apesar do sinal estar vermelho", antes de o primeiro comboio ter atingido a zona de separação das vias, avançaram os jornais alemães. Markus Hecht, um especialista em transportes ferroviários questionado pelo jornal Bild, indicou que esta manobra "tem como efeito desativar a travagem de emergência" do sistema PZB 90, usado na Alemanha desde um acidente idêntico em 2011.

  • Colisão de comboios na Alemanha faz pelo menos 9 mortos e 150 feridos
    1:35

    Mundo

    Pelo menos nove pessoas morreram e 150 ficaram feridas numa colisão entre dois comboios que ocorreu ao início da manhã, na Alemanha. O balanço de vitimas mortais poderá ainda aumentar, dado que cerca de 50 feridos estão em estado grave. O acidente ocorreu na localidade Bad Aibling, no estado da Baviera, cerca de 60 quilómetros a sudeste de Munique, pelas 7:00 locais (6:00 em Lisboa).

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • "O FC Porto não merece ser campeão"
    2:23
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    O empate do FC Porto com o Feirense foi o principal assunto do Play-Off da SIC Notícias, este domingo. Rodolfo Reis mostrou-se insatisfeito com a atitude dos jogadores do FC Porto.

  • Incêndio em Alfragide deixa 12 pessoas desalojadas
    1:59

    País

    Um incêndio destruiu este domingo a cobertura de um prédio de habitação em Alfragide, no concelho da Amadora. Doze pessoas ficaram desalojadas, mas ninguém ficou ferido. Os bombeiros dominaram o fogo em cerca de uma hora, os moradores queixam-se da falta de eficácia no combate às chamas.

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa