sicnot

Perfil

Mundo

Polícias suspeitos de envolvimento no desaparecimento de 43 estudantes mexicanos

Dois polícias federais mexicanos participaram alegadamente no desaparecimento de 43 estudantes, garantiu hoje a Comissão Nacional de Direitos Humanos, implicando pela primeira vez agentes nacionais neste caso ocorrido em 2014.

6 de novembro de 2014: Fotografias dos 43 estudantes desaparecidos no México

6 de novembro de 2014: Fotografias dos 43 estudantes desaparecidos no México

© Henry Romero / Reuters

O anúncio deu uma nova guinada a uma investigação que tem estado sob críticas de grupos internacionais de direitos humanos e investigadores independentes.

Jose Larrieta Carrasco, um membro da Comissão que está a investigar o caso, afirmou que as autoridades iriam agora olhar para "uma nova estrada no desaparecimento" dos estudantes.

O gabinete do procurador-geral já acusou agentes da polícia municipal de envolvimento no rapto massivo, ocorrido na cidade de Iguala, no sul do país, em 26 e 27 de setembro de 2014.

Mas esta comissão governamental garantiu ter localizado uma testemunha que viu dois agentes federais próximo do tribunal de Iguala, onde agentes municipais pararam um autocarro que transportava 15 a 20 estudantes.

A comissão avançou igualmente que outro departamento de polícia local, da cidade de Huitzuco, teve uma intervenção, até agora desconhecida, nos desaparecimentos.

Este autocarro era um de cinco que tinham caído sob controlo dos estudantes, para uso em protestos futuros. Os polícias de Iguala dispararam sobre o autocarro antes que os estudantes desaparecessem.

A comissão adiantou que a polícia disparou sobre os pneus do autocarro, que parou perto do tribunal, após o que os estudantes lançaram pedras sobre os agentes.

Os agentes colocaram os estudantes em vários veículos, incluindo três de Huitzuco.

Quando os agentes federais chegaram, perguntaram o que estava a acontecer.

Um polícia de Iguala afirmou que os estudantes iriam ser enviados para Huitzuco, onde "o chefe" -- possivelmente membro de um cartel de traficantes de droga -- iria "decidir o que fazer com eles", ainda segundo a comissão.

Os agentes federais responderam "Ah, ok, está bem", e autorizaram a polícia local a levar os estudantes.

A comissão entendeu que há provas suficientes para "presumir a participação de membros da polícia municipal de Huitzuco e agentes da polícia federal" no desaparecimento, adiantando que possui o nome de um dos agentes federais, que já passou aos investigadores.

O gabinete do procurador-geral declarou no ano passado que agentes policiais de Iguala e da cidade vizinha de Cocula raptaram os estudantes e depois entregaram-nos ao cartel designado Guerreros Unidos.

O cartel depois teria matado os estudantes, incinerado os corpos numa lixeira em Cocula e lançado os restos mortais num rio situado nas proximidades.

Mas peritos da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, que realizaram uma investigação independente, defenderem que não há provas científicas de que os 43 estudantes tenham sido incinerados na lixeira.

O caso tem constituído o maior desafio ao governo do Presidente Enrique Pena Nieto, provocando protestos e causando a queda da sua popularidade.

Lusa

  • Bruno de Carvalho manda SMS aos jogadores em nome dos jogadores. Confuso?

    Desporto

    De acordo com a imprensa desta manhã, o presidente do Sporting Clube de Portugal terá enviado mensagens escritas aos jogadores com o seguinte texto " Obrigado presidnete pelas felicitações. Ainda temos muito para conquistar juntos" e assinou o nome do jogador a quem enviou a mensagem. Uma aparente reação ao facto de nenhum dos jogadores ter respondido aos SMS de Bruno de Carvalho, com incentivos e elogios antes e depois da vitória frente ao Boavista.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Governo promete melhorar condições de 26 mil famílias
    1:23

    País

    O ministro do Ambiente explicou esta terça-feira, no Parlamento, as novas medidas para a habitação: reduzir os impostos para arrendamentos longos, melhorar as condições de 26 mil famílias e introduzir o arrendamento vitalício para maiores de 65 anos. Este é um investimento que vai chegar aos 1700 milhões de euros.

  • Pato em excesso de velocidade faz disparar radar numa estrada suíça
    1:31
  • Peixe-galo e batatas rosti, qual o cardápio do encontro entre os líderes das Coreias?

    Mundo

    O menu do encontro entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, já foi dado a conhecer esta terça-feira. Através do site oficial do Governo, Seul anunciou um cardápio com vários pratos típicos da Península da Coreia, como dumplings ao vapor, arroz cultivado na Coreia, carne grelhada, salada fria com polvo, peixe-galo, batatas rosti e sopa fria.

    SIC

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17