sicnot

Perfil

Mundo

Chimpanzé capturado após fugir de zoo no Japão

Chimpanzé capturado após fugir de zoo no Japão

Um chimpanzé que conseguir escapar de um zoológico no norte do Japão foi capturado depois de ter sido atingido por um dardo tranquilizante, caindo dos cabos de eletricidade onde estava pendurado. Pelo meio, o animal ainda tentou agredir o veterinário. O momento da captura foi testemunhado por muitos e registado em vídeo.

Chacha, um chimpanzé macho de 24 anos de idade, foi dado como desaparecido do Zoo de Yagiyama ontem de manhã. O primata foi visto por várias pessoas a vaguear nas ruas nos arredores.

Para capturar o animal, entretanto "cercado" quando estava pendurado num poste de eletricidade, as autoridades recorreram a uma plataforma elevatória e um veterinário usou uma arma tranquilizante. O tiro foi bem sucedido, mas Chacha ainda tentou ripostar.

Minutos depois, Chacha acabou por sacumbir ao efeito do traquilizante e caiu dos cabos onde estava pendurado, mas a queda foi amparada por funcionários do zoológico, preparados com redes e lencóis.

Apesar da queda, aparentemente doloroso, a imprensa local garante que Chacha está completamente recuperado.

  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • Depois do Fogo
    23:30
  • "A culpa morre sozinha?"
    0:41

    Opinião

    Luís Marques Mendes não acredita que o Ministério Público não formule uma acusação de homicídio por negligência e que não haja demissões na sequência do incêndio de Pedrógão Grande. O comentador da SIC debateu o tema este domingo no Jornal da Noite da SIC.

    Luís Marques Mendes

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.