sicnot

Perfil

Mundo

Mulher acusada por publicar vídeo de violação através do Periscope

Uma mulher do Ohio é acusada de ter usado o Periscope, aplicação da rede social Twitter, para fazer um vídeo do seu namorado a violar uma adolescente. O crime terá ocorrido há dois meses, mas o caso só agora foi denunciado.

Marina Lonina, de 18 anos, autora do vídeo.

Marina Lonina, de 18 anos, autora do vídeo.

Marina Lonina, autora do vídeo, é também acusada de ter tirado fotografias à jovem de 17 anos vítima de violação, quando ela se encontrava despida, na noite anterior ao rapto.

De acordo com o Chicago Tribune, Marina Lonina, o namorado Raymond Gates, e a adolescente vítima de violação seriam conhecidos e estariam juntos numa casa na cidade Columbus, a 27 de fevereiro, quando o vídeo foi gravado e divulgado em direto na rede social Twitter.

Lonina, de 18 anos, e Gates, de 29, enfrentam acusações de rapto, violação e exploração sexual de menor.

O Twitter recusou-se a comentar o caso. O Periscope limitou-se a informar que o referido conteúdo foi retirado, mas esta já não é a primeira vez que que esta aplicação está associada a situações de abuso.

No início deste mês, uma suposta intervenção policial em Londres, num confronto entre grupos rivais, foi afinal um falso vídeo divulgado através do Periscope.

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".