sicnot

Perfil

Mundo

Polícia espanhola liberta 29 mulheres chinesas obrigadas a prostituir-se

A polícia espanhola anunciou este domingo a libertação de 29 mulheres chinesas, que eram drogadas e obrigadas a prostituir-se em hotéis e bares de toda a Espanha, numa operação que permitiu desarticular uma rede de tráfico de seres humanos.

© Albert Gea / Reuters

Na operação, em que participaram agentes da polícia chinesa, 29 pessoas foram detidas e 22 buscas realizadas, segundo um comunicado.

"Para vencer a resistências das vítimas a prostituírem-se, no interior das suas residências, hotéis ou estabelecimentos de diversão noturna, eram obrigadas a ingerir drogas ou medicamentos", lê-se no comunicado.

Mais pormenores sobre a operação policial vão ser dados numa conferência de imprensa na segunda-feira em Madrid.

Lusa

  • António Costa evita perguntas sobre estágios não remunerados
    1:55
  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14