sicnot

Perfil

Mundo

Neutralizado túnel entre Faixa de Gaza e sul de Israel

O exército israelita anunciou hoje ter descoberto e "neutralizado" um túnel que liga a Faixa de Gaza, controlada pelo movimento islâmico fundamentalista Hammas, ao sul de Israel.

No decorrer do conflito, 32 destes túneis podem ter sido usados para a infiltração de comandos palestinianos, antes de terem sido destruídos.

No decorrer do conflito, 32 destes túneis podem ter sido usados para a infiltração de comandos palestinianos, antes de terem sido destruídos.

© Amir Cohen / Reuters (Arquivo)

Este túnel, que se estende ao longo de várias centenas de metros em território israelita, é o primeiro a ser descoberto depois da guerra travada pelo exército israelita na Faixa de Gaza em 2014.

No decorrer daquele conflito, 32 destes túneis podem ter sido usados para a infiltração de comandos palestinianos, antes de terem sido destruídos.

O porta-voz do exército israelita, Peter Lerner, acusou o Hammas da construção do túnel que se estende por várias centenas de metros até Israel e que não tem saída, mas não especificou como este foi "neutralizado", adiantando apenas que a operação foi realizada "no início da semana".

"Este túnel foi o primeiro a ser descoberto desde o final da guerra de 2014. Foi construído pelo Hammas de forma a infiltrar e executar ataques terroristas contra o povo das comunidades do sul e forças militares naquela área", disse Lerner aos jornalistas,

Israel lançou em 2014 uma operação em Gaza, dirigida pelo movimento Hammas, com o objetivo de suster o disparo de 'rockets' e destruir os túneis para Israel.

Foi a terceira guerra em Gaza desde 2008 e o mais longo, mais mortal e mais destrutivo, tendo matado 2.251 palestinianos, enquanto mais de 10.000 ficaram feridos e 100.000 ficaram sem casa.

No lado israelita, 73 pessoas foram mortas, 67 dos quais soldados. Mais de 1.600 ficaram feridos, de acordo com as Nações Unidas.

Nos últimos meses tem ocorrido uma série de colapsos nos túneis de Gaza, incluindo aqueles que se estendem até ao Egito, tendo morrido vários habitantes de Gaza, inclusivamente.

Os túneis para o Egito são geralmente usados para contrabando para dentro e fora da Faixa de Gaza, que está sob um bloqueio israelita. A fronteira do Egito com Gaza encontra-se fechada.

Lusa

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes. Os passageiros desembarcaram, como registou no Twitter um jornalista da Al-Jazzera que seguia a bordo. Segundo este depoimento, uma pessoa foi levada para o hospital com problemas cardíacos.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.