sicnot

Perfil

Mundo

Neutralizado túnel entre Faixa de Gaza e sul de Israel

O exército israelita anunciou hoje ter descoberto e "neutralizado" um túnel que liga a Faixa de Gaza, controlada pelo movimento islâmico fundamentalista Hammas, ao sul de Israel.

No decorrer do conflito, 32 destes túneis podem ter sido usados para a infiltração de comandos palestinianos, antes de terem sido destruídos.

No decorrer do conflito, 32 destes túneis podem ter sido usados para a infiltração de comandos palestinianos, antes de terem sido destruídos.

© Amir Cohen / Reuters (Arquivo)

Este túnel, que se estende ao longo de várias centenas de metros em território israelita, é o primeiro a ser descoberto depois da guerra travada pelo exército israelita na Faixa de Gaza em 2014.

No decorrer daquele conflito, 32 destes túneis podem ter sido usados para a infiltração de comandos palestinianos, antes de terem sido destruídos.

O porta-voz do exército israelita, Peter Lerner, acusou o Hammas da construção do túnel que se estende por várias centenas de metros até Israel e que não tem saída, mas não especificou como este foi "neutralizado", adiantando apenas que a operação foi realizada "no início da semana".

"Este túnel foi o primeiro a ser descoberto desde o final da guerra de 2014. Foi construído pelo Hammas de forma a infiltrar e executar ataques terroristas contra o povo das comunidades do sul e forças militares naquela área", disse Lerner aos jornalistas,

Israel lançou em 2014 uma operação em Gaza, dirigida pelo movimento Hammas, com o objetivo de suster o disparo de 'rockets' e destruir os túneis para Israel.

Foi a terceira guerra em Gaza desde 2008 e o mais longo, mais mortal e mais destrutivo, tendo matado 2.251 palestinianos, enquanto mais de 10.000 ficaram feridos e 100.000 ficaram sem casa.

No lado israelita, 73 pessoas foram mortas, 67 dos quais soldados. Mais de 1.600 ficaram feridos, de acordo com as Nações Unidas.

Nos últimos meses tem ocorrido uma série de colapsos nos túneis de Gaza, incluindo aqueles que se estendem até ao Egito, tendo morrido vários habitantes de Gaza, inclusivamente.

Os túneis para o Egito são geralmente usados para contrabando para dentro e fora da Faixa de Gaza, que está sob um bloqueio israelita. A fronteira do Egito com Gaza encontra-se fechada.

Lusa

  • Prisão preventiva para homicida de Barcelos
    1:43

    País

    O alegado homicida de Barcelos vai ficar em prisão preventiva, por quatro crimes de homicídio. Adelino Briote foi ouvido este sábado de manhã no Tribunal de Braga, depois de na sexta-feira ter alegadamente degolado quatro pessoas na freguesia de Tamel, em Barcelos.

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.