sicnot

Perfil

Mundo

Brigada de contra-terrorismo da polícia alemã captura célula de extrema-direita

Uma brigada de contra-terrorismo da polícia alemã levou a cabo esta madrugada uma operação em que capturou cinco suspeitos da extrema-direita, acusados de atacar abrigos de refugiados e opositores, indicaram fontes do Ministério Público alemão.

Arquivo Reuters

Os suspeitos, quatro homens e uma mulher, foram acusados de pertencer a uma organização terrorista de extrema-direita denominada Grupo de Freital, a partir do nome de uma cidade no Leste da Alemanha que foi palco de protestos racistas com repercussões no país inteiro.

"De acordo com uma investigação preliminar, o grupo preparava-se para perpetrar ataques com explosivos a casas destinadas ao asilo de refugiados, assim como a casas de inimigos políticos", indicou num comunicado o gabinete do procurador federal, citado pela agência France Presse.

Segundo a mesma fonte, os suspeitos armazenaram centenas de bombas de fogo-de-artifício provenientes da República Checa, que pretendiam utilizar nos ataques.

Foi desta forma que foi executado um ataque a uma residência de refugiados em Freital em setembro de 2015. Os atacantes utilizaram bombas de fogo-de-artifício para rebentar os vidros de uma janela da cozinha da residência e "nenhum dos ocupantes foi ferido pelos estilhaços de vidro porque ninguém estava na cozinha nesse momento", indicou o gabinete do procurador.

Um segundo ataque atribuído ao mesmo grupo foi levado a cabo no mês seguinte, também com a utilização de fogo-de-artifício e também pedras, contra um edifício que alojava ativistas de esquerda.

O gabinete do procurador referenciou um terceiro caso em Freital em novembro do ano passado que provocou um ferido com estilhaços de vidro e a investigação prossegue agora no sentido de apurar se a mesma organização foi responsável por mais atos de violência.

Algumas cidades pequenas no estado da Saxónia no Leste da Alemanha, como Freital, ganharam ampla notoriedade em todo o país no ano passado, quando grupos de neo-nazis e residentes enfurecidos levaram a cabo vários atos de violência contra refugiados e contra a própria polícia.

A polícia federal alemã registou mais de 800 ataques contra abrigos de refugiados em 2015 em todo o país, que abriu as suas portas a quase 1,1 milhões de pessoas em busca de asilo no mesmo período. A maior parte destes ataques aconteceu no leste da Alemanha.

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • George H. Bush nos cuidados intensivos e mulher também hospitalizada

    Mundo

    O antigo Presidente dos Estados Unidos da América e a sua mulher estão hospitalizados em Houston, no Texas. George H. W. Bush foi admitido no sábado, devido a um problema respiratório derivado de pneumonia, enquanto Barbara Bush entrou esta quarta-feira no hospital, por sintomas de fadiga e tosse.

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..