sicnot

Perfil

Mundo

Elemento da Proteção Civil viaja para o Equador após sismo que provocou pelo menos 480 mortos

Um elemento da Proteção Civil viaja quarta-feira para o Equador para se juntar à equipa que vai coordenador a ajuda da União Europeia enviada para aquele país, informou hoje o Governo, em comunicado.

© Guillermo Granja / Reuters

O violento sismo que atingiu o Equador no sábado provocou pelo menos 480 mortos, enquanto 4.000 pessoas continuam dadas como desaparecidas três dias depois da tragédia, refere um novo balanço das autoridades equatorianas.

Segundo o comunicado do gabinete do secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, Portugal vai enviar para o Equador, até ao final do mês, o adjunto de Operações Nacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil Miguel Cruz.

A União Europeia anunciou segunda-feira a ativação do mecanismo europeu de Proteção Civil para ajudar o Equador.

A equipa de coordenação da União Europeia, integrada por quatro peritos, "vai recolher e coordenar toda a assistência" provenientes dos '28' e "promover a cooperação entre as organizações internacionais e os serviços de proteção civil daquele país", acrescenta o comunicado.

Lusa

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Casa Madonna di Fatima em Roma é um lar de idosos com 9 irmãs portuguesas
    4:29

    Mundo

    A mais antiga igreja dedicada à Senhora de Fátima em Roma tem mais de 50 anos. Foi construída pelas franciscanas hospitaleiras do Imaculado Coração, uma congregação fundada em Portugal. Hoje, as religiosas portuguesas gerem um lar na mesma rua, mas o templo foi entregue a uma congregação italiana.