sicnot

Perfil

Mundo

Equador adota medidas para obter fundos para reconstruir zonas afetadas pelo sismo

O Governo do Equador vai adotar "medidas excecionais" para obter fundos para fazer face ao estado de emergência provocado pelo sismo de sábado, que atingiu a costa do norte do país e provocou centenas de mortos.

© Guillermo Granja / Reuters

O Presidente do Equador, Rafael Correa, assegurou que a reconstrução das zonas afetadas, algumas com 85% das infraestruturas destruídas, requer milhões de dólares.

Segundo Rafael Correa, que aguarda um levantamento definitivo dos danos, podem ser necessário cerca de três mil milhões de dólares.

O chefe de Estado disse que vai ter que tomar "medidas temporárias devido à dimensão dos danos e ao gasto inesperado", porque um sismo como o de sábado "afetaria até o país mais rico do mundo".

O Presidente referiu que está a analisar a "possibilidade de colocar títulos no mercado internacional" e que a Assembleia Nacional está a analisar uma reforma tributária.

"Vamos ter de tomar medidas excecionais para gerar fundos e dar resposta à emergência", sublinhou.

O chefe de Estado informou também que há linhas de contingência do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Banco Mundial e do Banco de Desenvolvimento da América Latina, que já disponibilizaram 600 milhões de dólares.

O Presidente disse também que a "melhor" solidariedade internacional é a dos turistas que visitam o Equador, agradecendo toda a ajuda que tem recebido.

"O turismo não pode ser afetado, o sismo teve um impacto muito focalizado, o resto das praias estão iguais e belas como sempre", acrescentou.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51