sicnot

Perfil

Mundo

Obama, Cameron, Merkel e Hollande reúnem-se em Hanôver segunda-feira

A presidência da República francesa anunciou hoje que os líderes dos EUA, Reino Unido, Alemanha, Itália e França vão reunir-se informalmente na segunda-feira em Hanôver, Alemanha.

© Michael Kappeler / Reuters

Segundo o Governo francês, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, o presidente francês, François Hollande, a chanceler alemã, Angela Merkel, e os primeiros-ministros da Itália, Matteo Renzi, e do Reino Unido, David Cameron, vão abordar, enquanto membros do G7, "grandes assuntos internacionais".

O encontro entre Obama e estes quatro líderes de países da União Europeia, acontece como forma de aproveitar a viagem oficial do presidente norte-americano, pelo Reino-Unido e pela Alemanha, depois da prevista passagem em Arábia Saudita.

Sexta-feira, Obama vai encontrar-se com Cameron em Londres e vai inaugurar domingo, com Merkel a Hannover Messe, a principal feira de tecnologia mundial.

Entre os assuntos que se espera que Obama aborde durante a sua viagem europeia estão o combate ao terrorismo, a crise dos refugiados e o caso do referendo britânico quanto à sua permanência na UE.

Na véspera da chegada de Obama ao Reino-Unido, oito ex-secretários norte-americanos do Tesouro consideraram hoje em carta aberta publicada pelo The Times que uma saída do Reino Unido da União Europeia seria uma "aposta arriscada".

Lusa

  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.