sicnot

Perfil

Mundo

Nova réplica de sismo de magnitude 6 atinge o Equador

Uma nova réplica de sismo de magnitude 6 atingiu na quinta-feira a costa do Equador, a mesma zona onde no sábado um abalo de magnitude 7,8 causou mais de 580 mortos.

© Henry Romero / Reuters

O Instituto Geofísico da Escola Politécnica Nacional indicou que o epicentro da réplica se localizou no mar, a cerca de 60 quilómetros de Jama, uma das localidades mais afetadas pelo sismo de sábado, e a menos de dez quilómetros de profundidade.

O sismo foi sucedido por outras réplicas de magnitudes menores, de cerca de 5 graus, e foi sentido também em Quito e noutras regiões do país.

Fonte do instituto indicou que, até ao momento, registaram-se 657 réplicas do sismo principal, que ocorreu às 18:58 de sábado (00:58 de domingo em Lisboa), e cujo epicentro se localizou entre Cojimíes e Pedernales, na província costeira de Manabí (oeste).

O instituto estima que as réplicas continuem por pelo menos uma semana.

Lusa

  • Novo sismo de magnitude 6,1 na costa norte do Equador
    1:23

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6,1 na escala de Richter abalou hoje a costa norte do Equador, a mesma zona onde no sábado um terramoto fez quase 500 mortos, anunciou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). O abalo sentido na capital, Quitto, e na maior cidade do país, Guayaquil, foi classificado pelo USGS como ligeiro.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.