sicnot

Perfil

Mundo

Número de combatentes a entrarem no Iraque e na Síria desceu no último ano

O número de combatentes estrangeiros que entram no Iraque e na Síria desceu muito ao longo do último ano, disse hoje o general norte-americano Peter Gersten.

© Ammar Abdullah / Reuters

Falando a jornalistas no Pentágono, Gersten disse que quando chegou a Bagdad há cerca de um ano entre 1.500 e 2.000 combatentes estrangeiros juntavam-se mensalmente às fileiras do grupo extremista Estado Islâmico.

"Agora, após um ano a lutar contra este inimigo, as nossas estimativas diminuíram para 200 (por mês) e vemos atualmente um aumento na taxa de deserção destes combatentes", disse o general.

Cerca de 4.200 membros do Estado Islâmico foram mortos na Síria devido aos bombardeamentos da coligação internacional dirigida pelos Estados Unidos, que começaram há 19 meses, segundo dados divulgados no sábado pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

O OSDH indicou que a maioria dos 4.195 combatentes mortos era de nacionalidade estrangeira.

O Observatório crê que o número de mortos nas fileiras dos grupos extremistas é superior à anunciada, devido ao apagão informativo imposto pelos "jihadistas" sobre as baixas nas suas formações.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.