sicnot

Perfil

Mundo

Coligação terá destruído 700 milhões de euros do Daesh

Cerca de 700 milhões de euros em dinheiro, pertencentes ao Daesh, terão sido destruídos nos bombardeamentos aéreos, de acordo com responsáveis norte-americanos.

Reuters

Numa conferência de imprensa, o vice-comandante de operações e serviços secretos norte-americanos na operação contra o Daesh explicou que já foram levados a cabo cerca de 20 bombardeamentos contra alvos de armazenamento de dinheiro daquele grupo extremista.

Os serviços secretos, adiantou, têm informação dos locais onde é guardado o dinheiro. Num dos casos, cerca de 130 milhões de euros foram destruídos numa casa em Mossul, Iraque.

Não se conhece ao certo o montante dos fundos do Daesh, mas os norte-americanos garantem que o grupo tem perdido território, com os bombardeamentos às jazidas petrolíferas. Segundo os serviços secretos, a falta de dinheiro já levou o Daesh a vender alguns veículos.

"Estamos a assistir a uma quebra da sua moral, à sua incapacidade de pagar, de combater", declarou o General Gersten.

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.